quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Avatar
02 de Agosto de 2012
Comerciante de Extremoz é morto quando ia deixar o filho na escola 
Informações e fotos: Sérgio Costa
A morte do comerciante Jair da Silva Bezerra, de 47 anos, pode ter relação com uma transação comercial mal feita. Essa é a primeira linha de investigação que está sendo seguida pela Polícia Civil. A vítima foi assassinada no início da manhã desta quarta-feira (1º), por volta das 7h, no loteamento Jardim Extremoz, em Extremoz.


Jair da Silva estava em uma caminhonete do tipo Peugeot, quando foi surpreendido por outro homem que chegou atirando com revólver. No momento do homicídio, a vítima estava indo deixar o filho de cinco anos na escola. A criança presenciou tudo, mas não sofreu nenhum tipo de violência física.

De acordo com informações repassadas pelo policial Ielbo, do 11º Batalhão da Polícia Militar, familiares da vítima estiveram no local do crime e contaram que a motivação da morte pode mesmo ter sido a suposta transação comercial feita com uma pessoa ainda não identificada.
O suposto negócio não teria sido concretizado e a outra pessoa ficou devendo dinheiro a Jair da Silva, que passou a fazer cobranças. Os familiares da vítima que estavam no local não quiseram comentar o caso. O comerciante foi morto com três tiros, sendo um na nuca e dois no tórax.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇAM SEUS COMENTÁRIOS E AGUARDEM PUBLICAÇÃO: