Caicoense é atacado por bandidos, reage, toma revólver e prende suspeito em Natal

O caicoense Reginaldo Medeiros trabalha como UBER nas horas vagas na capital do estado, e ontem, 16, foi contactado para uma corrida, e ao chegar no local indicado foi atacado por dois bandidos que tentaram lhe assaltar.

Um parente da vítima contou ao Blog Jair Sampaio que Reginaldo entrou em luta corporal com os bandidos, segurou um e o outro correu. O meliante detido ainda tentou atirar no caicoense, e por sorte, a arma “bateu catolé”.

No hospital, Reginaldo Medeiros lamentou o fato e fez uma crítica ao governo em suas redes sociais: “Primeiro me faltou segurança, agora a saúde”. A esposa da vítima também é caicoense e disse ter ficado assustada com o crime.

A ação desencadeada pela vítima não é aconselhada por nenhum órgão de segurança pública ou privada, nacional ou estrangeira, contudo, segundo relato da vítima, só havia duas saídas: “reagiu ou morrer”. Assim, optou pela primeira.




A arma de fogo usada pelos bandidos também foi apreendida e entregue à autoridade competente. Em meio ao ocorrido, a vítima recebeu apoio da população, que acionou a Polícia Militar, e rapidamente tudo ficou bem.

2 Comentários

LIBERDADE DE EXPRESSAO

jan 1, 2018, 4:50 pm Responder

OBrasil precisa de intervenção federal urgente pois três poderes são corrupto e incompetente!

Enoque Rodrigues Lopes

jan 1, 2018, 7:52 pm Responder

DEUS TE ABENÇOE, SEMPRE.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.