Ex-governador Fernando Freire tem Habeas Corpus concedido pelo STF

O ministro Gilmar Mendes (STF) substituiu por medidas cautelares a prisão preventiva decretada contra o ex-governador do Rio Grande do Norte Fernando Freire. Ele condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em decorrência da operação que desbaratou o esquema conhecido como “Máfia dos Combustíveis”. 

Embora a decisão favorável, Fernando Freire vai permanecer preso. A defesa do ex-governador do estado potiguar explica que ele tem outras quatro condenações em segunda instância de processos da Operação Gafanhoto, somando 19 anos de prisão. Continuar lendo...

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *