Maconha com “indicação de origem” e logotipo é apreendida no Recife

O empreendedorismo do brasileiro atingiu até mesmo o tráfico de drogas. E o chefe de uma boca de fumo no Cordeiro, Zona Oeste do Recife, sabe o poder que uma boa propaganda tem.

Conhecido na área como “Macaco Louco”, ele personalizou a maconha que vendia. No logotipo, um macaco consome o entorpecente e apresenta os olhos avermelhados, em uma clara alusão ao apelido do traficante.

O responsável pelo “empreendimento” é um adolescente de apenas 17 anos. Ele, que não parece ter medo de ser identificado, já está sendo investigado.

“Normalmente os traficantes não gostam de serem identificados, ao contrário desse, que faz questão de mostrar que a droga é dele”, afirmou um policial

Além disso, no canto superior esquerdo da embalagem, iniciais indicam a origem e procedência da droga. Os policiais do Grupo de Ações Táticas Itinerante (GATI) do 11° Batalhão foram acionados para uma ocorrência de roubo de carros quando se depararam com o adolescente praticando o comércio. Ele foi apreendido e encaminhado ao Departamento de Policia da Criança e do Adolescente (DPCA), no centro do Recife.

Fonte: OP9/PE

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Lista de comentários