Militares poderão ficar até o dia 17 em frente a governadoria se Robinson Faria não atender as reivindicações

Os soldados, cabos e sargentos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte estão acampados em frente à Governadoria, no Centro Administrativo do Estado, desde das 8h de hoje (5) até o próximo dia 17, quando o Governo do Estado deverá apresentar um cronograma para atender as reivindicações da categoria.

Segundo Eliabe Marques, presidente da ASSPMBM, policiais de folga, a paisana e desarmados ficarão no acampamento até o dia 17. Após isso, caso não haja um acordo com o Governo, militares em serviço deverão ir para a Governadoria, permanecendo em um estado de greve.  Com a decisão, os militares engrossam o acampamento iniciado ontem (4) pelos agentes penitenciários do Rio Grande do Norte no Centro Administrativo do Governo.

O objetivo dos servidores é pressionar o Executivo para o encaminhamento de projeto que trata sobre o plano de carreira da categoria. Com cruzes e um caixão representando o momento do sistema prisional do Rio Grande do Norte, os agentes afirmam que o setor não tem recebido investimentos suficientes e o Governo não fez qualquer referência ao plano de cargos e carreiras dos profissionais.

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Lista de comentários