PSDB define hoje se mantém apoio ou deixa o governo Temer

O presidente Temer tenta unificar a base de apoio, principalmente o PSDB, e garantir as votações no Congresso após ter o mandato salvo pelo TSE. Em meio a isso, ele pode ser denunciado por Janot na investigação sobre a delação da JBS e a Procuradoria Eleitoral pode recorrer da absolvição da chapa.

No fim de semana, a revista 'Veja' revelou uma suposta 'devassa' contra ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, que teria sido pedida à Abin por Temer. O Planalto negou.

Fica ou desembarca?

A executiva nacional do PSDB, um dos principais partidos da base governista, se reúne hoje em Brasília para definir se a legenda desembarca, ou não, do governo. Parte da legenda defende o rompimento com o Planalto por causa da investigação em que o peemedebista é alvo no STF. Já a ala mais próxima a Temer, que inclui o senador afastado da presidência do partido Aécio Neves, defende a permanência.

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Lista de comentários