Álvaro Dias é ‘candidato natural’ do MDB para 2020, diz Felipe Alves

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, é o “candidato natural” do MDB para as eleições de 2020 na capital potiguar e deverá disputar a reeleição pelo partido, na avaliação do vereador Felipe Alves.

Segundo o parlamentar, a discussão ainda este ano sobre o próximo pleito é precoce, mas “não se tem como negar” que Álvaro terá a prioridade dentro do partido para as eleições do ano que vem.

“Ainda é cedo (para discutir eleições), e Natal vive muitos problemas. Com a crise econômica, nós não podemos nos dar ao luxo de focar nessa questão (eleitoral). Ela tende a ficar para o ano que vem mesmo. Mas não se tem como negar que o prefeito tem naturalmente uma prioridade nessa discussão. A sua reeleição pelo partido é um processo natural”, afirmou o vereador, em entrevista nesta segunda-feira, 4, ao programa Manhã Agora, da rádio Agora FM (97,9).

O vereador registrou que, com a desfiliação do deputado estadual Hermano Morais – já autorizada pela Justiça Eleitoral –, Álvaro Dias se tornou a única alternativa dentro do partido. Ele ressalta que, se antes o prefeito já tinha prioridade nos debates, agora a situação ficou praticamente definida. “É óbvio que isso tem que ser submetido às instâncias do partido. Por isso não se pode antecipar qualquer posição nesse sentido. Mas eu defendo que seja Álvaro Dias. O natural é que se dê a oportunidade de o prefeito disputar a reeleição”, completou.

Felipe Alves assinala, contudo, que é cedo para discutir questões como possível candidato a vice na chapa, até porque o próprio Álvaro Dias tem dito que ainda não decidiu se vai realmente disputar a reeleição em 2020. “Eu acredito que ele vá ser, mas ele não fechou questão sobre ser candidato. Então é cedo para se adiantar o debate sobre temas como, por exemplo, o vice. No momento oportuno, vai se ver quem tem mais condições”, disse o vereador, sem responder se a deputada estadual Eudiane Macedo (Republicanos), ex-vereadora em Natal, é a favorita para o cargo.

Em outubro, o MDB – partido de Álvaro e Felipe – elegeu sua nova diretoria no Rio Grande do Norte, durante convenção em Natal. A partir de agora, o presidente estadual da legenda é o deputado federal Walter Alves, que substituiu o pai, o ex-senador Garibaldi Alves Filho. Para Felipe, a escolha de Walter para presidir a legenda mostra que o MDB passa por um processo de “renovação”.

“Existe inevitavelmente, não só no MDB, mas em vários outros partidos, uma renovação. O MDB passou agora por uma convenção, e eu defendi que o deputado Walter Alves fosse (o novo presidente) porque ele é um jovem, tem uma boa bagagem, é sangue novo e tem um ótimo relacionamento com os deputados. O que existe hoje no partido é isso: renovação”, disse o parlamentar.

Apesar de destacar que o partido hoje tem mais de 50 prefeitos filiados no Rio Grande do Norte e que vive, segundo ele, um “bom momento”, Felipe Alves defendeu que o MDB se “aproxime” mais da população. “É necessário que o partido, sobretudo nas grandes cidades – como Natal –, possa se aproximar mais da população, que possa se inteirar dos problemas do dia a dia. Quando se aproximar, o partido vai ter mais autoridade para solicitar o voto e chegar à casa das pessoas. O partido precisa reconquistar a confiança, pois a imagem vem sendo denegrida já há algum tempo. Tem que mostrar às pessoas que ainda é uma opção”, finalizou.

Por José Alencar

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.