Coronel Azevedo apela a Caern para garantir fornecimento de água em João Câmara

O deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) denunciou, na sessão desta quinta-feira (13), o que ele entende como descaso da Caern para a falta de água no município de João Câmara.

O parlamentar fez um apelo à Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte para que o abastecimento seja melhorado, lembrando que o próprio presidente da Companhia afirmou, na Assembleia Legislativa, que há recursos em caixa.

“O presidente informou que havia R$ 50 milhões disponíveis. É inadmissível que a Caern deixe de abastecer municípios como João Câmara”, disse Coronel Azevedo, lembrando que se o cidadão atrasa o pagamento, o fornecimento de água é cortado.

Em aparte, o deputado Tomba Farias (PSDB) disse que, já que em João Câmara está faltando água, o problema já denunciado por ele no município de Santa Cruz, não deve se tratar de “hidrometração” (problemas de medição ou má condição de hidrômetros) como informou a Caern. “Hidrometração é balela da Caern”, ressaltou Tomba, citando ainda a falta de água anunciada em Nova Cruz.

Em seu pronunciamento, Coronel Azevedo criticou o Itep – Instituto Técnico-Científico de Perícia – que tem dificultado o acesso virtual em casos de retirada da primeira Carteira de Identidade. Segundo o parlamentar, o site do Itep/RN abre para solicitações e logo em seguida fecha, deixando, principalmente, pessoas do interior do Estado sem condições de requerer o documento.

O deputado terminou sua participação se solidarizando com a família do guarda municipal Carlos Antônio, assassinado durante um assalto em Natal. “Ele tombou heroicamente ao lado de sua família”, disse o deputado, ressaltando que ele foi morto diante de sua esposa e de seus filhos. E por final, reforçando que o Governo do Estado “faz encenação” em relação à reforma da Previdência, já encaminhada à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.