Deputados Álvaro Dias e Vivaldo Costa se unem para tentar evitar colapso de abastecimento em Caicó‏

Os deputados estaduais Álvaro Dias e Vivaldo Costa reuniram-se na tarde desta terça-feira (17/11) com o Governador em exercício, Ezequiel Ferreira. Acompanharam a reunião, o Secretário de Recursos Hídricos, Mairton França; Diretor-Presidente do IGARN, Josivan Cardoso e o diretor presidente da Companhia de Águas e Esgotos (CAERN), Marcelo Toscano. O objetivo da reunião foi discutir e buscar soluções para o problema de abastecimento de água no município de Caicó. 

Durante o encontro, conversou-se sobre a crise hídrica no município de Caicó na qual foi detalhada a situação de abastecimento da cidade e apontadas as possíveis soluções emergenciais. Duas medidas foram acordadas como mais adequadas: a propulsão de água no Sistema Mãe D’água, na Paraíba, e o desassoreamento do Rio Piranhas num trecho de 100km a partir da divisa com o Rio Grande do Norte.
 
“O Governador ligou para o diretor da ANA, Paulo Varela, para solicitar a liberação das águas do Complexo Coremas-Mãe D’água. Por sua vez, o diretor da ANA informou que precisa ser feita uma limpeza e desassoreamento no leito do rio e que, somente depois disso, poderá a soltar água. Esse desassoreamento e limpeza ficam à cargo do Governo do RN”, disse o deputado Álvaro Dias.
 
Ainda de acordo com o deputado, “precisamos nos unir e deixar as diferenças de lado em prol da população de Caicó que tanto está necessitando de uma solução para o abastecimento de Água. Um colapso seria uma verdadeira catástrofe, uma situação bastante complicada para o município e não podemos de forma nenhuma, deixar isso acontecer”, finalizou Álvaro.

3 Comentários

Paulo

nov 11, 2015, 11:42 pm Responder

E nos do alto da boa vista há 2 semanas sem água enquanto toda população usufrui do fim do itans. Santa burguesia, no centro tendo água todo os dias!

Paulo dutra

nov 11, 2015, 7:42 am Responder

Não é união, TB vou pedir é ação, e muita ação. coremas tá lá aberto. lembre da barragem armando ribeiro, e outra.. perfurar poços em bairros e colocar funcionários para distribuir. só isso!

MARIA JOSE NETA

nov 11, 2015, 8:33 am Responder

Gostaria de saber o que significa exatamente colapso, para os lideres políticos de caicó; qual adjetivo se pode usar para os bairros que não estão recebendo água pelas torneiras, e nem por carros pipa a pelo menos quinze dias? Nós que moramos nesses bairros, sabemos que realmente não se tem água nos reservatórios que abastecem a cidade,mas essa situação não é uma surpresa, pra nossa região, a quanto tempo essa crise estava sendo anunciada?
E quando vai ser considerada uma calamidade pública?
Lideres de minha cidade, votei em vocês, porque acreditei que quando chegasse a hora de ação em uma crise, vocês saberiam agir, sabemos que a questão hídrica, envolve água e administração.

Deixe uma resposta para Paulo dutra Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.