Fantasmas da AL podem destruir a vida política do prefeito de Natal, Álvaro Dias

O Ministério Público do Rio Grande do Norte está executando uma ação que obrigado o ressarcimento de valores ao erário público por parte dos Fantasmas da Assembleia Legislativa que integravam o gabinete do ex-deputado estadual Álvaro Dias, agora, prefeito da capital potiguar.

O MP quer a devolução, na sua totalidade, dos valores pagos, e com correção, à boa parte do pessoal indicado por Álvaro em seu próprio gabinete quando era deputado estadual. O Escritório Cortez e Medeiros Advogados, que defende os interesses do político, está recorrendo da sentença.

Esta ação pode destruir a vida política de Álvaro, já que tem indicado a cargo na AL dizendo ter sido lesado por ele, e confiado documentos que o levou a virar funcionário do legislativo. Nesta semana, uma ação obrigou o político a devolver R$ R$ 100.016,64 mil. Bens foram bloqueados.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.