Gabigol admite possível adeus do Flamengo ‘Pode ser a última’

O duelo contra o Avaí, nesta quinta (05), pelo Brasileirão, será o último do Flamengo no Maracanã no ano. Com o Hepta garantido e uma série de recordes em jogo, a torcida lotará o estádio no “até logo” ao time, que ainda enfrenta o Santos, como visitante, na rodada final do torneio antes de embarcar para o Mundial de Clubes no Qatar, Contudo, a partida também pode ser o “adeus” de um dos grandes nomes do Flamengo da temporada aos rubro-negros no Rio de Janeiro.

Gabigol, com contrato de empréstimo perto do fim e futuro ainda indefinido, comentou a expectativa para este encontro com a Nação no Maracanã.

Sem confirmar ou negar que esta será sua despedida diante da torcida, o camisa 9 colocou-se à disposição de Jorge Jesus confiante em fazer uma grande atuação. “Vai ser especial para mim. Desde a primeira vez no Maracanã. Pode ser a última, a gente não sabe. Estou muito animado para esse jogo, espero que esteja com casa lotada. Se eu voltar a jogar, vou ficar muito feliz também”, afirmou o atacante, autor de 42 gols em 2019.

“Não tenho pensado nisso. Só tenho pensado nos últimos jogos, no Mundial. Todos têm sonhos. Estou realizando um no Flamengo, tudo tem saído perfeito. Recordes, títulos… Está sendo conversado, mas não há nada certo. Se for da vontade de Deus, que eu fique”, afirmou Gabigol no CT do Ninho do Urubu.

As tratativas pela permanência de Gabigol no Flamengo já foram iniciadas. Em novembro, o vice-presidente de futebol Marcos Braz chegou a dizer que a negociação com a Inter de Milão, clube com o qual o atacante tem contrato, estava “bem encaminhada”, com a definição dependendo apenas do jogador.

Meia Hora

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.