Governadora sanciona Lei que torna de utilidade pública projeto Viva o Centro

A governadora Fátima Bezerra sancionou neste sábado, 29, a lei aprovada pela Assembleia Legislativa que reconhece como de utilidade pública o Projeto Viva o Centro. “Estamos fortalecendo este trabalho de revitalização do Centro, que, além de ter o caráter econômico e comercial, tem também o lado cultural com o resgate e valorização da história norte-rio-grandense”, afirmou Fátima. Com a sanção, o Viva o Centro poderá firmar novas parcerias e ampliar sua atuação.

O projeto desenvolve ações de combate à degradação do espaço urbano, à redução de consumidores e ao fechamento de lojas. Criado em 2018, o projeto hoje tem a participação de 300 empresários e moradores do bairro.

O empresário Delcindo Mascena, um dos organizadores do Viva Centro, informou que a região já começa a se recuperar com as iniciativas tomadas e destacou o apoio do Governo do Estado que contribuiu, através da Fundação José Augusto, com a decoração junina e animação nas ruas com banda de forró. Mascena destacou que esta é “a primeira vez que o poder público estadual apoia as nossas ações que têm também o objetivo de atrair turistas e novos visitantes para conhecer monumentos históricos do bairro que, juntamente com a Ribeira, deu origem a Natal”.

O deputado estadual Ubaldo Fernandes também registrou a importância do projeto Viva Centro ao contemplar também a restauração de praças e monumentos culturais e a valorização da gastronomia potiguar. Para ele, o apoio do Governo do Estado é fundamental e vem no sentido de consolidar a revitalização de um dos mais importantes bairros da capital. É de sua autoria o projeto que reconhece como de utilidade pública a Associação Viva o Centro de Natal (Avicen).

Fátima Bezerra, que é professora, lembrou que sempre atuou na vida pública no apoio e valorização da cultura. No exercício do mandato de deputado estadual foi autora da Lei Câmara Cascudo, que incentiva a produção cultural no RN, quando deputada federal foi relatora do projeto de lei que criou o Plano Nacional de Cultura e como senadora da República foi autora da lei de incentivo à escrita e à leitura. “Um povo, um país, que não respeita e cuida da sua cultura está fadado ao fracasso. O projeto Viva Centro é uma iniciativa simples, mas eficiente e que tem nosso apoio”, reforçou.

Após a sanção a governadora percorreu as ruas Joao Pessoa, Ulisses Caldas, Princesa Isabel e o Beco da Lama cumprimentando empresários e populares.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.