Governo e UERN celebram 51 anos da instituição

O Governo do RN e a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) celebraram neste sábado (28) os 51 anos de criação de uma das principais instituições de ensino do estado.

O aniversário da UERN foi comemorado em reunião especial da assembleia universitária no Teatro Dix-Huit Rosado, reunindo a comunidade acadêmica, com representantes de todas unidades da universidade, e a sociedade potiguar.

O evento também coroou a instalação oficial do Governo do Estado em Mossoró, pois foi a UERN que recebeu o poder Executivo em suas dependências nestes dias. Em celebração ao momento, por seu comprometimento com a educação e o crescimento da UERN, a governadora e chanceler da universidade Fátima Bezerra foi escolhida pela instituição para receber o título de doutora Honoris Causa.

A honraria foi entregue pelos mãos dos reitores Pedro Fernandes (UERN), Wyllys Farkatt Tabosa (IFRN) e José de Arimatéia (UFERSA) e a vice-reitora Fatima Raquel (UERN).

“Ao longo da minha vida o povo potiguar me deu muitas alegrias, mas esse título que vocês me deram é uma das melhores lembranças que vou levar. Estou profundamente grata, é um momento de muita emoção não só na condição de governadora, mas também de professora e de quem deve muito à escola pública. Este título pode ser considerado uma homenagem ao povo do Rio Grande do Norte que ousou e escolheu uma professora como governadora”, disse Fátima Bezerra.

Durante seu discurso, a governadora destacou as ações do Governo para garantir investimentos, como a complementação de R$ 3,6 milhões em investimentos que foram cortados das emendas parlamentares, e as verbas para o funcionamento da universidade. Ela ainda reafirmou que o planejamento do Governo é dotar a UERN da autonomia financeira, aguardada há anos.

“A UERN tem todo o reconhecimento do nosso governo. Nós não vamos aceitar que a universidade seja vista como um custo, quando ela é o presente e futuro do nosso desenvolvimento. É difícil até mensurar a importância da universidade para geração de profissionais nas áreas mais carentes do estado. Por isso conclamo os professores, as professoras e todos que amam a democracia para defendermos uma educação cidadã”, pontuou a chefe do Executivo.

A solenidade se deu na sequência de uma série de parcerias firmadas entre Governo e universidade nestes dias. Ao longo da agenda foram confirmadas ações como a garantia de R$ 11 milhões para a assistência estudantil e a instalação de Restaurantes Populares em dois campi da UERN.

Também foi feita a regulamentação da lei de cotas étnico-raciais e de argumento de inclusão regional, que foi sancionada pela governadora este ano, durante a primeira reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) com participação de um governante potiguar na história.

O reitor Pedro Fernandes ressaltou a importância das parcerias para ampliar o acesso do ensino superior e cooperar com o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. “Com mais de 12 mil alunos, a universidade é hoje referência na formação de professores. Na formação dos nossos filhos a UERN também está presente”, completou Fernandes.

Além da governadora, também foram homenageados na assembleia o padre e diretor da Faculdade Católica do RN Charles Lamartine, que recebeu o título de professor Honoris Causa, o professor aposentado João de Deus Lima, que passa a ser professor emérito da UERN, e a técnica de nível superior Eve Maria de Souza e Silva, diplomada com o Mérito Administrativo. A UERN ainda entregou mais três comendas Medalha da Abolição.

Auxiliares do Governo que são originários dos quadros da UERN, como o secretário de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar Alexandre Lima e o diretor da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern) Gilton Sampaio, além dos secretários de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, e de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, e o diretor-presidente da Fundação José Augusto (FJA), Crispiniano Neto, estiveram presentes ao evento.

A solenidade contou com a presença da prefeita Rosalba Ciarlini, o senador Jean-Paul Prates, a senadora Zenaide Maia, o deputado federal Beto Rosado, a deputada estadual Isolda Dantas e os deputados estaduais Sandro Pimentel, Bernardo Amorim e Alysson Bezerra, além da vereadora e presidente da Câmara Municipal Izabel Montenegro, a professora Patrícia Barra, presidente da Associação dos Docentes da UERN (Aduern), e a coordenadora geral do Diretório Central dos Estudantes da UERN, Rachel Souza.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.