Morte de jardinense pode ter relação com denúncias contra o tráfico de drogas (X-9)

Morto a tiros nessa terça feira (03/04) na cidade de Jardim de Piranhas, o jovem Yuri pode ter sido visto pelos criminosos que o mataram como um dedurador, ou X-9 (pessoa que dá informações de bandidos à polícia).

Nessa altura das investigações, que se intensificaram ontem com a segunda morte dentro da mesma família em menos de 30 dias, a polícia tem pouco o que contar, para o delegado do caso, a elucidação se dará em tempo hábil.

Yuri chegou a residir em Caicó por um tempo, e surgiram denúncias do seu envolvimento com o mundo das drogas. Orientado a fugir de Jardim de Piranhas, o jovem disse que não devia nada a ninguém, por isso ia ficar, e morreu.

“Na semana passada recebi um telefonema anônimo dizendo que ele ia ser morto, corri e avisei a Yuri, mas ele disse que não devia nada a ninguém e que ia ficar na cidade”, contou um amigo da vítima ao Blog Jair Sampaio. 

….





Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.