Parelhas chocada e sem entender a morte de Eduarda, 12 anos

Parelhas amanheceu com a triste notícia da partida precoce da garotinha Eduarda, ou Dudinha, como gostava de ser chamada, aos 12 aninhos de idade. A menina foi transferida para Natal apresentando um quadro de tosse e no caminho sofreu paradas cardíacas, o que as levou à morte.

Chocada, a cidade tenta entender a morte de Eduarda. Em toda parte, o parelhense busca explicação pela morte da criança, e até então, o que se sabe, é que o hospital local encaminhou a garota para outra unidade hospitalar na capital do Estado por não haver condições de atendê-la ali.

Tosse

A tosse, normalmente, é um reflexo natural do aparelho respiratório para eliminar micro-organismos que estejam afetando as vias aéreas – seja nariz, garganta ou pulmões. Há diversos aspectos e sintomas que vão mostrar se o quadro é alérgico leve ou algo mais grave, como uma pneumonia.

O caso será investigado pela SESAP (Secretaria de Estado da Saúde Pública), embora o hospital que a atendeu inicialmente tenha noção do que pode ter ocorrido com a pequena Dudinha. Nas redes sociais, e menina recebeu inúmeras homenagens durante toda essa “triste” segunda feira, 29/07.

 

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.