PM mata assaltante, é afastado das ruas e vai responder por homicídio culposo na PB

Um policial militar da Paraíba matou um suspeito que tentava praticar um assalto no centro de Campina Grande no último sábado, 1º. Na açãou ma idosa saiu ferida, mas foi socorrida e passa bem.

O PM vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A informação foi dada na manhã desta segunda-feira pelo capitão Ralisson, comandante da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), corporação na qual o policial atua há 10 anos.

De acordo com o capitão Ralisson Andrade, além de responder por homicídio culposo, o policial, de 35 anos, foi afastado das funções de rua, passando a atuar apenas nos serviços administrativos da corporação.

Conforme o comandante da CPTran, o policial está abalado e vai receber acompanhamento psicológico. “Ele tem dez anos de corporação e sempre teve um desempenho exemplar, sempre recebeu 10 em tudo”, afirmou.

Ainda segundo Ralisson, o policial relatou que não teve intenção de atirar nas vítimas. “Ele estava de folga e tentou evitar um assalto, e nisso ele correu atrás do adolescente suspeito, atirando na direção das pernas dele”, disse.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.