Prefeito de Jucurutu confirma nomeação da esposa de “denunciante de terrenos”, e que não exigiu recompensa

NOTA DO PREFEITO VALDIR

“A Prefeitura Municipal de Jucurutu vem a público desmentir as afirmações inverídicas veiculadas pelo Blog Jair Sampaio no último dia 12 de fevereiro – relembre AQUI – quanto aos motivos da nomeação da servidora Aline C. Moura de Medeiros para o cargo de Secretária Adjunta de Assistência Social, conforme portaria nº 20, de 04 de fevereiro de 2020.

Na matéria, o referido blog noticiou que o prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros, teria nomeado a servidora Aline para tal cargo de gestão como forma de recompensar o marido da mesma, o Sr. Alyson Thiago, por este ter feito uma denúncia junto ao Ministério Público do Rio Grande do Norte – supostamente a mando do prefeito – contra doações irregulares de terrenos públicos entre os anos de 2013 e 2016. Ao final, o blog classificou tal conduta como uma “atitude rasteira e perseguidora do prefeito Valdir Medeiros”.

Tais afirmações são totalmente falsas e têm o único objetivo de denegrir as pessoas nela citadas. A servidora Aline foi nomeada para o cargo comissionado de Secretária Adjunta levando em conta critérios de merecimento e o seu bom desempenho no cargo anterior de Chefe do Setor de Gestão do Trabalho, que a referida servidora exercia na Prefeitura de Jucurutu desde o dia 06 de fevereiro de 2017, conforme portaria 098/2017, em anexo.

O provimento do cargo de secretária adjunta era absolutamente necessário há muito tempo para proporcionar maior auxílio na condução da pasta da Assistência Social. Entretanto, o cargo ainda estava vago devido ao excesso de despesas de pessoal, que fazia com que a prefeitura ficasse proibida de nomear novos servidores até que reduzisse tais despesas aos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o que só foi possível em janeiro de 2020, conforme relatório de gestão fiscal publicado na edição 2199 do Diário Oficial dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN, de 29/01/2020.

Assim, a servidora Aline, que já chefiava um dos mais importantes setores da Secretaria Municipal de Assistência Social, foi convidada e aceitou exercer o cargo de Secretária Adjunta por sua experiência e capacidade no referido âmbito de atuação, não havendo qualquer interferência do marido da mesma ou de quaisquer fatos alheios à área da assistência social em si na decisão tomada pelo prefeito, menos ainda qualquer fato que sequer aponte para a existência de acordos ou premiações por denúncias feitas contra irregularidades.

Em verdade, a Prefeitura Municipal de Jucurutu repudia a afirmação leviana, feita pelo Blog Jair Sampaio, de que tal denúncia foi feita ao Ministério Público a mando do Prefeito Valdir Medeiros como forma de perseguição.

Com relação a esse assunto, importa lembrar que as doações irregulares de terrenos públicos sem obediência aos critérios legais a familiares e apadrinhados políticos de ex-gestores e de alguns vereadores de Jucurutu eram fato notório e de conhecimento público sobre o qual as pessoas conversavam a todo momento, sobretudo no período eleitoral de 2016. Não era de se estranhar que denúncias fossem feitas diante de tamanha injustiça social.

Mas daí a atribuir tais denúncias ao atual prefeito e dizer que uma servidora foi nomeada como recompensa por uma denúncia ou pelas consequências desta, de maneira totalmente desinformada e sem considerar o histórico de trabalho que essa mesma servidora desempenhara em prol de Jucurutu já durante três anos é sem dúvida um ato que só denuncia a falta de compromisso com a verdade dispensada ao assunto pelo referido blog.

Com esses esclarecimentos, reiteramos o caráter inverídico de tal matéria e informamos que serão tomadas as devidas medidas judiciais como forma de resguardar as pessoas cuja imagem o blog tentou macular.”  

1 Comentário

Cafuné

fev 2, 2020, 2:01 pm Responder

O moído é gigantesco e o propósito é o mesmo,tudo que não tem valor,tem seu preço,principalmente na politicagem promíscua e rasteira.
Com isso vai sobrar pra o povo,o que Luzia ganhou na capoeira!

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.