Prisão de falso pastor em SP levou PF a Jardim de Piranhas, veja vídeo

No dia 28 de fevereiro de 2019 começa a ser desvenda a história do milionário Geraldo dos Santos Filho, conhecido em Jardim de Piranhas como Júnior Rico, ou José Eduardo Medeiros de Moura, como se passava.

É que nesta data ele foi preso pelo DEIC (Departamento de Investigações da Polícia Civil de São Paulo) quando pregava em uma igreja evangélica. Júnior se passava por Pastor Evangélico há pelo menos 10 anos, segundo a polícia.

No dia de hoje, 28 de novembro de 2019, uma mega operação da Polícia Federal com apoio de homens e viaturas do BPChoque de Natal desembarcou em Jardim de Piranhas e se deslocou até o sítio Batalha, onde Júnior residia.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.