Réu julgado por atirar contra policial do CPRE durante abordagem é inocentado em júri no RN

Os sete membros que compõem o corpo de jurados do Tribal do Juri Popular de Mossoró, inocentaram o réu, Diego Talison  Bezerra de Abreu, da acusação de ter atirado contra um policial militar do 2º DPRE em Mossoró no dia de ontem, 01 de agosto 2019.

Diego foi julgado pelo TJP, nesta quinta feira (01) em sessão que ocorreu no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins sob a acusação de que no dia 12 de agosto de 2018 ter atirado em um policial do trânsito, fato este ocorrido na Francisco Solon no Bairro Boa vista, durante uma perseguição policial. O réu em companhia de outro indivíduo (já falecido) teria roubado um celular no Bairro Dom Jaime Câmara e fugido para o Bairro Boa Vista.

Os dois se depararam com a guarnição do trânsito e durante a perseguição um policial acabou sendo alvejado com um tiro, supostamente disparado por Diego. O defensor Público Diego de Melo Fonseca, conseguiu convencer os jurados de que seu cliente não atirou no PM, sendo ele absolvido da acusação.

Apesar de ser absolvido da acusação de tentativa de homicídio, Diego Talison não saiu impune, uma vez que ele foi condenado pelo roubo do celular. A pena imposta pela justiça foi de 6 anos e sete meses no regime semiaberto.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.