Sete fábricas de “água adicionada de sais” são fechadas em operação do MP na PB


Sete fábricas de água adicionada de sais foram interditadas e quatro pessoas foram presas em flagrante, nesta terça-feira (6), durante a ‘Operação Poseidon’, que está sendo realizada em municípios da Paraíba.

A ação pioneira no país é coordenada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Secretaria da Receita Estadual (SER-PB) e Secretaria de Segurança e Defesa Social.

Dentre os presos estão proprietários das empresas e responsáveis técnicos, que vão passar por audiência de custódia. Eles vão responder por crime de adulteração de produto, tornando-o impróprio para o consumo humano, previsto no artigo 7 da Lei 8137/1990 (cuja pena é de detenção de um a cinco anos e multa) e no artigo 272 do Código Penal (cuja pena também é de detenção de quatro a oito anos).Mais >

Caicó: SUVISA faz novo alerta sobre água envazada com riscos à saúde pública


A SUVISA (Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária), com abrangência na região do Seridó, inicia o mês de agosto com uma série de medidas para coibir o envazamento e comercialização de água por pessoas não autorizadas, o chamado engarrafamento de fundo de quintal. O alerta não é a toa, pessoas podem ser acometidas de inúmeras doenças.

O órgão detectou irregularidades no envazamento de água no município de Ouro Branco e Parelhas e os responsáveis foram notificados. De acordo com Rouse Medeiros, fiscal de vigilância sanitária do Estado, há uma série de critérios que o consumidor pode observar na hora de adquirir água envasada: lacre, validade do tambor e o selo garantem a qualidade da água.

Doenças como cólera e outras que atacam o intestino, inclusive o câncer, podem estar dentro da casa do consumidor desavisado. Para a Vigilância Sanitária, a água adicionada de sais minerais (purificada) obedecem os mesmos critérios e usam cilindros metálicos autorizados e fiscalizados pelo órgão. É vedado o uso de depósitos construídos de alvenaria.Mais >