Prefeitura realiza ações alusivas ao “Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” em Jucurutu‏

A  manhã desta segunda-feira(18), na cidade de Jucurutu foi  de atividades referentes ao Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Contra Crianças e Adolescentes foi iniciada às 8h com realização de uma caminhada com a participação de alunos e profissionais de todas as escolas (particular, estaduais e municipais) da cidade, saindo da Escola Municipal Joel Lopes no bairro Santa Isabel, percorrendo algumas ruas, com parada no Ginásio Ailson Lopes, onde ocorreram várias apresentações praticadas por crianças, adolescentes e jovens, trabalhando o tema do dia.

O evento foi prestigiado pela secretária Fabiana Monteiro (Assistência Social), Conselho Tutelar, Projeto Jucurutu Unido Contra as Drogas, Grupo de Escoteiros, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Câmara de Vereadores, Igrejas, além de outros segmentos e instituições locais. O encerramento da programação das ações de hoje acontece às 19h na Câmara Municipal com uma audiência pública que discutirá também o tema “Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

Jucurutu: Polícia Militar apreende quase meia tonelada de Fumo Maratá falsificado

Blog PM Jucurutu – Na manhã desta terça-feira, 12, Policiais Militares de Jucurutu foram procurados pelo representante estadual do Fumo Maratá, “Fernando Maratá”, o qual denunciou que haveria um carregamento da mercadoria falsificada em Jucurutu.

De imediato, os Policiais se deslocaram até um posto de combustíveis, indicado pelo denunciante, onde fizeram a abordagem a um micro ônibus, de placa DLF – 8298, de Auto do Rodrigues, pertencente à Empresa G7 Viagens e Turismo, da Cidade de Natal.

Mais >

Usando celular, maior traficante de Jucurutu consegue, de dentro de presídio, falar ao vivo para rádio da cidade

Cássio Augusto de Souza em foto quando foi preso por tráfico de drogas no RN (Foto: Damião Oliveira/G1)De dentro do presídio onde está custodiado no Rio Grande do Norte, um preso usou um telefone celular para conceder uma entrevista a uma rádio de Jucurutu, cidade da região Oeste potiguar. O detento, identificado como Cássio Augusto de Souza, conhecido como Cassinho, foi preso por tráfico de drogas e também teve a prisão decretada em dezembro na Operação Alcatraz, que investiga a atuação de organizações criminosas nos presídios de quatro estados.

O coordenador de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte, Leonardo Freire, informou aoG1 que soube da entrevista concedida pelo detento e está apurando o caso. A ligação para a rádio aconteceu na segunda-feira (11) e foi feita da Cadeia Pública de Caraúbas, na região Oeste do estado.

Na entrevista com o radialista Damião Oliveira, da Difusora Jucurutu, o preso afirma ser dono de drogas apreendidas na semana passada em uma operação da Polícia Civil e admite fazer uso de drogas dentro da unidade prisional por que não tem como “entreter a mente”. “Sou viciado em drogas, não nego. Uso tudo. Não tenho como entreter a minha mente, uso tudo (sic)”, diz o detento.

Em grande parte da entrevista, o preso sai em defesa do pai e do irmão, presos na operação da Polícia Civil como possíveis receptores do crack e maconha que vieram da cidade de Assu para Jucurutu. “Meu pai não é bandido. Bandido sou eu”, afirma o detento, que é suspeito de estar comandando o tráfico de drogas em sua cidade de origem, Jucurutu.Mais >

Polícia Civil Apreende drogas, uma arma e munições com três homens em Jucurutu

CYMERA_20150205_212849
Material apreendido

Fonte: Blog PM Jucurutu – Por volta das 13h40 min. desta quinta-feira, 05, após receber uma ligação anônima, informando que um homem estaria trazendo drogas da Cidade de Assu para Jucurutu, a Polícia Civil das Cidades de Jucurutu e Florânia, fizeram diligências e conseguiram abordar, no Bairro Novo Rumo, a pessoa de Josafá Lopes de Araújo, 18 anos, natural de Jucurutu, de posse de 50 gramas maconha e 60 gramas de crack .

No momento em que foi abordado, Josafá rapidamente informou aos Policiais que a droga pertenceria à pessoa de Cassiano Augusto de Souza, 19 anos, natural de Jucurutu. Segundo Josafá, Cassiano teria ligado, pedindo para que ele fosse pegar uma encomenda na Cidade de Assu e, quando chegasse em Jucurutu, entregasse a seu pai, Francisco Augusto de Souza, conhecido popularmente por “Chico Bobó”.

Além da droga, Josafá confessou à Polícia que estava de posse de um revólver, o qual estaria guardado em sua casa, que também pertenceria a Cassiano.Mais >