Vivaldo Costa defende retomada de projetos em favor da Região do Seridó


Foto: Reprodução/ALRN

Em pronunciamento durante a sessão plenária desta terça-feira (3), na Assembleia Legislativa, o deputado Vivaldo Costa (PSD) fez um apelo ao Governo do Estado buscando a retomada de antigos projetos em benefício da região Seridó. Dentre as ações, o parlamentar defende a construção do Polo Industrial de Caicó e do Anel Viário do Seridó.

“São temas de interesse da economia do Seridó que foram elaborados em gestões passadas, mas que não tiveram continuidade ao longo do tempo. Em se tratando do Polo Industrial de Caicó, por exemplo, o terreno chegou a ser adquirido pela Prefeitura à época, mas infelizmente o projeto ficou no papel”, disse Vivaldo, pedindo ao secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Jaime Calado, para que “desengavete e atualize o projeto”, acrescentou.

Mais >

São Paulo do Potengi recebe R$ 50 mil de emendas do deputado Ubaldo Fernandes

Foto: Cedida

O enfrentamento ao Covid-19 ainda é preocupante em alguns municípios do Rio Grande do Norte, onde persistem os casos de contaminação e a falta de insumos na área de Saúde. Nesse contexto, o município de São Paulo do Potengi recebeu uma boa notícia no último dia 29.

Foram depositados R$ 50 mil provenientes de emendas parlamentares do deputado estadual Ubaldo Fernandes (PL), liberadas pela Portaria n° 2034/2020 do Governo do Estado, através de transferências fundo a fundo.

“Atendemos o pedido do vereador Carlos Sérgio de Lima, o Kekeu, que nos falou da necessidade urgente da compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para uso dos profissionais da linha de frente na área de Saúde deste município. Acreditamos estar beneficiando os 17.500 habitantes de São Paulo do Potengi, cuidando para que eles sejam melhor assistidos neste momento delicado da pandemia do coronavírus”, afirma Ubaldo Fernandes.

Mais >

CCJ aprova matéria que reestrutura carreira de policiais militares e de bombeiros

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) aprova, por unanimidade, em reunião realizada nesta terça-feira (15) o Projeto de Lei Complementar (PLC) 19/2019 que promove a reestruturação na carreira dos militares estaduais, estabelece medidas de redução das distorções salariais dos agentes de segurança pública e altera dispositivos de Leis sobre regime de promoções de oficiais da Polícia Militar (PM); subsídios dos militares do Estado; regime de promoção dos praças da PM e do Corpo de Bombeiros Militar.

Pelo Projeto, que só terá impacto financeiro a partir do próximo ano, o subsídio   dos militares integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar será reajustado em 23% a ser pago em três anos conforme entendimento entre o governo do Estado e as associações representantes dos militares estaduais.

Mais >