Integrante de grupo criminoso que destruiu banco em Brejo do Cruz é preso


Foi preso nesta terça-feira (5) mais um suspeito de integrar a quadrilha responsável pelos ataques ao banco Bradesco do município Brejo do Cruz, na Paraíba, durante a madrugada do último domingo (3).

Após o assalto, o bando fugiu para o Rio Grande do Norte e foi perseguido pela Polícia Militar dos dois estados. Houve pelo menos dois confrontos e cinco suspeitos morreram desde então. Outros três foram detidos até esta terça.

Francisco Jales da Silva estava dentro de uma casa em Janduís, na região Oeste potiguar, quando foi preso no final da manhã desta terça. A operação foi comandada pelo major Inácio Brilhante e chegou ao suspeito a partir de testemunhas.Mais >

Seridoenses são presos na PB suspeitos de mapear rotas de fuga e assaltos a bancos


Cinco homens foram presos nessa sexta-feira, 04/11, em Frei Martinho suspeitos de pertencer a uma quadrilha do RN especializada em assaltos a agência bancárias e aos correios. Segundo a Polícia, eles foram presos no momento que faziam o mapeamento de estradas e planejamento dos crimes no município de Frei Martinho, localizado no Seridó paraibano, a 250 km de João Pessoa.Mais >