Parelhas é sitiada por bandidos em comboio fortemente armados


Uma ação delituosa levou intensa movimentação no setor policial nessa madrugada à cidade de Parelhas, no Seridó do Rio Grande do Norte. Criminosos fortemente armados, em comboio com caminhonetes, sitiaram a cidade.

O intenso tiroteio levou medo e terror à terceira maior cidade da região. Dois bancos foram explodidos nesta ação, que começou logo depois das 2 horas da madrugada e se estendeu por bastante tempo, tudo ao som de tiros de fuzil.

O bando cercou a sede do pelotão de Polícia Militar da cidade. Na frente do prédio da corporação colocou um veículo e ateou fogo para que, em chamas, o carro impedisse qualquer movimentação dos policiais que ali pudessem estar.Mais >

Fala leitor: privatização do BB

Especulações a respeito da privatização total do Bando do Brasil e Caixa vem sendo amadurecidas a cada dia que passa. Unidades vem sendo fechadas e há indícios do sucateamento dos bancos para que facilite-se a venda. Neste contexto, um funcionário resolveu tecer um comentário coerente aos serviços do gigante brasileiro quando estiver em mãos de empresários estrangeiros:

“Os servidores concursados serão feitos por amadores terceirizados, mão de obra mais barata para o banco ter mais lucro, não haverá mais concursos para quem estuda, funcionários de agencias do BB em cidade alguma hoje é apadrinhado, todos eles são concursados, os apadrinhamentos acontecem nos cargos de Diretorias do Banco, que são indicados pelo governo federal”.

‘Farra’ do crédito de veículos gera rombo de R$ 23 bi para bancos


O custo da festa do crédito fácil para veículos do começo da década foi alto para as instituições financeiras. Dados inéditos do Banco Central mostram que o setor teve problemas para receber R$ 38,1 bilhões em financiamentos concedidos em 2010 e 2011, quando era possível comprar um carro zero, sem entrada, parcelado em até cem vezes.
Bancos já desistiram de cobrar R$ 22 8 bilhões e reconheceram o valor como prejuízo, mas o setor ainda trabalha para receber outros R$ 15,3 bilhões emprestados naquela época.
Após o estouro da crise financeira global em 2008, o governo reagiu para tentar amenizar a maré negativa do exterior. Queda de impostos, redução de juros e liberação de dinheiro aos bancos fizeram parte da receita que permitiu ao País passar os primeiros anos da crise com poucos arranhões. Mais >

Marginais incendiam veículo para tentar inibir perseguição policial em João Câmara


Bandidos que explodiram agências bancárias em João Câmara, na região do Mato Grande, no rio Grande do Norte, também incendiaram um veículo para dispersar qualquer perseguição policial, além de espalhar grampos em vias de acesso rápido.

Terror em João Câmara; bando explode agências e ‘metralha’ viatura da polícia


Na madrugada dessa quarta-feira(05), a cidade de João Câmara, região do Mato Grande, foi alvo de explosões que atingiram as agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, respectivamente, e uma viatura foi metralhada.

Além das explosões, a cidade foi acordada por centenas de tiros, deixando os moradores em pânico, que se comunicavam através de grupos nas redes sociais. Segundo informações, o alvo foram os cofres principais das agências.Mais >

Junco do Seridó tem banco destruído por bando armado, nessa madrugada 22/03


O banco do Bradesco da cidade de Junco do Seridó, no vizinho estado da Paraíba, foi parcialmente destruído por uma quadrilha especializada em estouro a bancos.

Homens fortemente armados isolaram policiais militares do pequeno destacamento da cidade e abriram fogo contra o prédio, rendidos, os militares não tiveram como reagir.Mais >

Oito bandidos presos, um morto e dois fogem da PM no cerco em Brejo do Cruz


O bando atuava em arrombamento de bancos no Seridó do RN e no Sertão da Paraíba

O 12º Batalhão de Polícia Militar da cidade de Catolé do Rocha, no vizinho estado da Paraíba, apresentou oito bandidos presos na tarde/noite dessa sexta feira, 06 de janeiro, no território de Brejo do Cruz-PB. Eles são suspeitos de arrombamento a bancos e Correios na Paraíba e no Rio Grande do Norte.Mais >

Quatro bancos dominam 77% do crédito e “ditam” taxas de juros do país


0aa

O governo Temer tem dito que quer baixar o custo do crédito. Mas nenhuma das medidas que anunciou toca num aspecto que, para muitos especialistas, está entre as principais causas das elevadas taxas de juros do país: o poder de mercado dos grandes bancos.Mais >

Greve dos bancários: Fenaban propõe reajuste de 7%


greve-dos-bancos-dddddd

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs um novo reajuste de 7% aos bancários nesta sexta-feira (9), informou a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). Segundo o sindicato, as negociações devem continuar. Os bancários querem reposição da inflação do período mais 5% de aumento real.

Foi proposto ainda aumento de 7% na PLR e nos auxílios refeição, alimentação, creche, além de abono de R$ 3,3 mil. A reunião de negociação aconteceu nesta sexta em São Paulo. A greve dos bancários entrou em seu quarto dia nesta sexta. A paralisação começou na terça-feira (6) por tempo indeterminado.Mais >