Vereadores aprovam lei para criação de parques tecnológicos em Natal

O Projeto de Lei para a criação de área destinada à instalação de parques tecnológicos foi aprovado pelos vereadores do município de Natal, que votaram em segunda discussão nesta quarta-feira, 21, durante sessão ordinária itinerante no bairro de Nazaré.

A iniciativa concede incentivos fiscais a empresas de Tecnologia da Informação e a Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) que se implantarem em áreas estratégicas, com a redução de 5% para 2% no Imposto Sobre Serviço (ISS), 30% no Imposto de Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis (ITIV), além de redução no IPTU e isenção total na licença de localização. Após a aprovação com uma nova emenda em sua redação, o texto segue para sanção do Poder Executivo municipal. 

O reitor em exercício da UFRN, José Daniel Diniz Melo, comemorou a votação em favor do projeto idealizado pela instituição e proposto pelo prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves. “Mais que atrair empresas e gerar impostos, este será um benefício social para o município ao gerar empregos de alta qualificação e incentivar o empreendedorismo na área de TI”, afirmou. Mais >

Em greve, servidores públicos de Natal acampam em frente à Câmara

Foto: Magnus Nascimento
Foto: Magnus Nascimento

Tribuna do Norte – Os servidores em greve do município de Natal já começam a se organizar em frente à Câmara Municipal de Natal, no bairro de Petrópolis, zona Leste de Natal.

Nesta terça-feira (7) está previsto um acampamento organizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Natal (Sinsenat), com o objetivo de paralisar as votações da Casa e chamar a atenção para o reajuste da data-base, reivindicação antiga da categoria.

Através de sua assessoria de comunicação, a Câmara confirmou que os servidores começaram a se organizar em frente ao prédio, no cruzamento das avenidas Jundiaí e Campos Sales. Contudo, o local ainda não foi ocupado e a sessão prevista para a parte da tarde está mantida. “Só haverá alteração dos trabalhos em caso de ocupação por parte dos servidores”, informou a assessoria da Câmara.