Polícia Civil prende ‘Mané de Macaíba’ por tráfico de drogas


Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, na tarde desta terça-feira (3), Manoel Batista dos Santos, conhecido como “Mané”, 19 anos. A prisão em flagrante ocorreu na comunidade Capoeiras, na zona rural de Macaíba, pela prática do crime de tráfico de drogas.

Após o recebimento de denúncias anônimas, os policiais conseguiram prender, inicialmente, Paulo César dos Santos Filho, considerado um criminoso perigoso que, em razão de dificuldades de locomoção, passou a contar com ajuda de alguns adolescentes para praticar o tráfico de drogas na região. Na mesma ação, um adolescente foi apreendido por tráfico de drogas.

A partir da prisão de “Paulinho”, os policiais chegaram à residência de Manoel Batista. Ao perceber a presença da polícia, ele tentou fugir, saltando pela janela da casa, mas foi capturado. Com ele, foram encontrados porções de maconha, diversos sacos plásticos usados para embalagem de droga e dinheiro.

De acordo com as investigações, Manoel Batista trafica drogas para “Paulinho”. Após ser autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia da Polícia Civil 181 ou do Disque Denúncia/Whatsapp da Delegacia Municipal de Macaíba, por meio do número: (84) 98114-4042.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Polícia Civil do Estado do Amapá, com apoio da Polícia Civil do RN, prendeu um dos mais perigosos pistoleiros do Vale do Assú, que estava foragido há anos


Na manhã de hoje, a equipe de policiais civis do CIOSP PACOVAL (7ª Delegacia da capital), na cidade de Macapá/AP, após troca de informações com a equipe de policiais civis da Delegacia de Macaíba/RN, prendeu em flagrante o foragido TEÓFILO DANTAS FONSECA, vulgo “TEOFINHO FONSECA”, condenado a 28 (vinte e oito) anos de prisão, por homicídio qualificado, além de ser considerado um dos pistoleiros mais perigosos da região do Vale do Assú.

As unidades da policia civil do Rio Grande do Norte e do Amapá estavam trocando informações sobre o suspeito já há um tempo, para uma ação mais precisa, sendo realizada uma operação, na manhã de hoje, na cidade de Macapá, que culminou na prisão em flagrante do foragido que, quando da abordagem, apresentou um falso documento de identidade (em nome do irmão), além de ser flagrado com uma arma de fogo do tipo REVÓLVER, calibre .38, com numeração suprimida. TEÓFILO DANTAS FONSECA está sendo autuado em flagrante e foi cumprido a ordem de prisão da comarca de Ipanguacu/RN. Ele ficará custodiado à disposição da justiça.Mais >

O dia começa com mega operação da Polícia Civil, com apoio da PM, em Assu


Nas primeiras horas do dia de hoje (26 de abril), foi deflagrada uma operação conjunta das Polícias CIVIL e MILITAR da cidade de Assu, na zona rural, sendo apreendidas 3 armas de fogo e uma moto roubada.

E até o momento, segundo informações do Delegado, Dr. Cidorgeton Tonny, para o Blog Jair Sampaio, foram presos 04 (quatro) homens, um deles foragido da justiça. Em breve, mais detalhes da operação.Mais >

Assu: Vítima de falso sargento é foragido da justiça do PE; acusado de três homicídios


A POLÍCIA CIVIL, por meio da equipe da Delegacia de ASSU, no final da noite do dia de ontem, (03/04/2018), quando concluía a formalização da prisão em flagrante do ESTELIONATÁRIO que se apresentava como SARGENTO DO EXÉRCITO BRASILEIRO, prendeu uma das vítimas do falsário.

Os Policiais Civis desconfiaram da inquietação da vítima CHARLES GOMES GUIMARÃES (53 anos), agitada em sua fala e resistente a sua presença na Delegacia, mesmo tendo sofrido um prejuízo de R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais), razão pela qual foram realizadas pesquisas sobre ele e, pasmem, apurou-se ser ele um perigoso criminoso foragido da justiça do Estado de Pernambuco, acusado de, pelo menos, 03 (três) homicídios qualificados, possuindo a mesma quantidade de MANDADOS DE PRISÃO expedidos pela justiça do referido Estado da Federação.

CHARLES GUIMARÃES confessou um homicídio, não especificando-o, preferindo se manter em silêncio quanto a existência de mais de uma acusação.
Mais >