Prefeitura de Caicó vai injetar 7 milhões na economia local com pagamento a servidores

O secretário municipal de Finanças, Francisco Oliveira, anunciou nesta quinta-feira (08), a conclusão do pagamento dos servidores municipais referente ao mês de janeiro de 2018.

Recebem hoje (09), o pessoal da Educação, incluindo Fundeb 60% e Fundeb 40%, além dos funcionários do Hospital do Seridó e todos os servidores comissionados.

Segundo ele, disse ainda que com os pagamentos efetuados, o Município de Caicó injeta 7 milhões na economia local. Batata ainda anunciou que sua equipe econômica está trabalhando para pagar a folha dos servidores até o quinto dia útil de cada mês.

Caicó: Secretário de Finanças prestou esclarecimento sobre pagamento de servidores

Em entrevista à imprensa nesta quinta-feira (04), o secretário municipal de Tributação e Finanças, Francisco Oliveira, prestou esclarecimentos sobre o pagamento do IEL, contratados e o décimo terceiro da Saúde.

Sobre o 13º do pessoal da Saúde, Francisco destacou que o Município tinha a previsão de pagar o décimo no prazo, mas o governo federal não repassou o Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM), que havia sido prometida no final de 2017.

Por outro lado, o Governo do Estado não repassou o repasse do ICMS na quarta-feira, o que deverá ocorrer na próxima semana. Com a entrada desses recursos, o pagamento do décimo terceiro do restante da Saúde será efetuado.Mais >

Caicó: Tributação e Finanças se reúne para traçar planejamento; ‘As perspectivas são boas para 2018’, diz secretário

A equipe da Secretaria de Tributação e Finanças do Município de Caicó esteve reunida ontem à noite para planejar as metas para o próximo ano, e segundo o secretário, Francisco Oliveira, as perspectivas são as melhores possíveis.

À frente da pasta desde agosto, Francisco fecha o ano muito bem em relação ao que estava. Para o secretário, muitas coisas boas para o município já estão a caminho, outras são metas a serem alcançadas a partir da reorganização.

Até o fim de janeiro a meta nº 1 do secretário é deixar o salários dos funcionários do município totalmente em dia, com o decreto previsto para ser finalizado no dia 29 de janeiro, Francisco garante que Caicó vai andar sem moletas.

13º dos servidores de Caicó na conta

O secretário de finanças do município de Caicó, Francisco Oliveira, confirmou a pouco que o dinheiro referente ao 13º salário dos servidores públicos municipais já está nas contas. A confirmação se deu por volta das 13 horas.

Nesta quinta-feira (21) recebem o décimo terceiro, os servidores efetivos da Infraestrutura, Agricultura, Meio Ambiente, Administração, Finanças, Procuradoria, Assistência Social, Turismo, Gabinete, Controladoria, Planejamento e Fundeb 40% Educação.

O secretário municipal de Tributação, Francisco Oliveira, informou que mais repasses federais estão sendo aguardados nas próximas horas e esses recursos serão injetados para fechar o pagamento do 13º salário.Mais >

Depois de árdua luta de FAO Secretário, Receita Federal libera FPM bloqueado e Prefeitura de Caicó vai pagar servidores

O secretário de finanças do Município de Caicó, Francisco Oliveira (FAO Contabilidade), confirmou ao Blog Sidney Silva na manhã  terca-feira (28), que os recursos do FPM, cerca de 1 milhão e 89 mil reais, que estavam bloqueados pela Receita Federal, foram liberados e com isso vai poder pagar o salário dos servidores referente ao mês de outubro.

Os servidores que ainda não tinham recebido os salários do mês de outubro, vão receber até quinta-feira (30). A liberação do dinheiro do FPM que estava bloqueado teve a atuação direta do secretário Francisco Oliveira, que foi pessoalmente à Delegacia Regional da Receita Federal, em Natal, tratar do assunto.

Medida drástica para economizar R$ 700 mil/mês terá 400 exonerações em Caicó

Medida tomada hoje vai atingir serviços mas deve economizar cerca de R$ 700 mil/mês e vale até o final de janeiro/2018. O secretário de tributação do município, Francisco Oliveira, disse que a medida é essencial para equilibrar as finanças.

A prioridade, segundo o gestor da pasta de finanças, é o pagamento de cargos efetivos do município. Francisco disse também que quer controlar o fluxo financeiro da prefeitura até o início de janeiro de 2018, e pede a ajuda de todos.

Serviços essenciais à população não terão prejuízos, mas podem aumentar o tempo de resposta entre a necessidade e a operação de execução, ele citou como exemplo, o serviço de tapa buracos, onde a pasta da infra-estrutura terá corte de pessoal.