Brasil só empata com fraco Iraque e corre risco de “vexame olímpico”


A seleção olímpica do Brasil voltou a decepcionar. Neste domingo (7), conseguiu a proeza de ficar no 0 a 0 com o fraquíssimo Iraque. Continua sem vencer, sem fazer gols, sem jogar futebol. E tem até ameaçada a sua classificação para as quartas de final dos Jogos do Rio-2016. Para não correr riscos e continuar a sonhar com o ouro, tem de vencer a Dinamarca — líder do Grupo A com 4 pontos depois de bater a África do Sul por 1 a 0 –, nesta quarta-feira (10), na Arena Fonte Nova, em Salvador.Mais >

Polícia Civil prende ex-treinador de futebol no estado: Quadrilha é acusada de manipular jogos


Policiais civis da Diretoria de Polícia da Grande Natal (DPGRAN) prenderam, na tarde desta sexta-feira (08), o foragido da Justiça Marcos Danilo Ferrari, 42 anos, por fraudar jogos oficiais no Campeonato Potiguar deste ano. A investigação foi conduzida pela Delegacia de Repressão aos crimes de Intolerância Esportiva (Dade) do estado de São Paulo, sendo expedido um mandado de prisão temporária e cumprido hoje, quando Marcos, que foi treinador de futebol no RN, apresentou-se espontaneamente na DPGRAN após ter conhecimento acerca do mandado.  Mais >

Vaz marca e dá bi carioca ao Vasco sobre o Bota

Gigante da colina empata com Fogão e se torna o maior campeão invicto da história do Carioca (Foto: Divulgação/ CRVG)
Gigante da colina empata com Fogão e se torna o maior campeão invicto da história do Carioca (Foto: Divulgação/ CRVG)

Renegado muitas vezes e quase fora do Vasco ano passado, Rafael Vaz experimentou o sabor de ser vilão e se transformar em herói. Mal posicionado no gol do Botafogo, marcado por Leandrinho, ele se redimiu seis minutos depois e empatou o jogo por 1 a 1 com uma cabeçada que deu o bicampeonato carioca ao Cruzmaltino sobre o Botafogo de forma invicta.

Relacionado para o banco de reservas, o zagueiro entrou no intervalo em substituição a Luan, que saiu lesionado. Com contrato se encerrando em junho deste ano, Rafael Vaz ainda não procurado pela diretoria e tem futuro incerto em São Januário. Em Caicó, a torcida do Vasco já está fazendo uma passeata pelas ruas da cidade em comemoração ao bi-campeonato carioca. Mais >

Arena das Dunas define preços para Flamengo x Avaí; venda é iniciada

Os ingressos para o jogo entre Flamengo e Avaí, marcado para o dia 02 de setembro, na Arena das Dunas, em Natal, começaram a ser vendidos nesta terça-feira(18). Inicialmente, apenas sócios-torcedores do Rubro-Negro têm direito à compra, no site oficial do clube carioca.

Os bilhetes variam entre R$ 20 a R$ 200 e atendem a todos os setores do estádio. Para o restante do público, as vendas serão abertas na sexta-feira, no site da Arena das Dunas. Os ingressos custarão entre R$ 40 (meia para os setores Norte e Sul) a R$ 250, no “Clube Arena”, área com open bar e shows com DJs antes e depois do jogo. Na segunda-feira, as vendas começarão em um ponto fixo da capital potiguar, ainda em negociação.

Confira os valores do ingressos no site da Arena das Dunas:

Setor Sul: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia)
Setor Norte: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia)
1º Anel Leste: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia)
2º Anel Leste: R$ 110 (inteira) e R$ 55 (meia)
2º Anel Oeste central: R$ 110 (inteira) e R$ R$ 55 (meia)
1º Anel Sudoeste: R$ 130 (inteira) e R$ 65 (meia)
2º Anel Sudoeste: R$ 110 (inteira) e R$ 55 (meia)
1º Anel Noroeste: R$ 130 (inteira) e R$ 65 (meia)
2º Anel Noroeste: R$ 110 (inteira) e R$ 55 (meia)
Hospitalidade: R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia)
Lounge Bossa Nova: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia)
Clube Arena: R$ 250 (preço único) *com open bar e shows

Interpol divulga lista de procurados por fraudes na Fifa

A pedido da justiça dos Estados Unidos, a Interpol emitiu um alerta internacional para a prisão de dois ex-dirigentes da Federação Internacional de Futebol (Fifa) e quatro executivos acusados de extorsão, conspiração e corrupção. Entre os procurados, está o brasileiro José Margulies, dirigente de empresas de transmissão esportiva.

Os dois ex-dirigentes da Fifa na lista são o ex vice-presidente Jack Warner, de Trinidad e Tobago, e o ex-membro do Comitê Executivo da entidade, Nicolás Leoz, do Paraguai. O argentino Alejandro Buzarco, dirigente de uma empresa de marketing. Também está na lista, que inclui ainda os compatriotas Hugo Jinkis e Mariano Jinkis, também dirigentes de empresas de marketing esportivo.