Defensores de Jair Bolsonaro erguem outdoor na cidade serrana de Martins-RN

Os simpatizantes com os ideais do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RN) da cidade serrana de Martins promoveram um evento na manhã deste sábado, 14, onde ergueram um outdoor e realizaram uma carreata pelas principais ruas até o Hotel Serrano onde participaram de um encontro de apoiadores.

Com as frases “Pela família, decência, moral e ética”, a publicidade foi erguida na RN-117, próximo à Escola João Onofre, no bairro Lagoa Nova, e contou com a colaboração voluntária dos apoiadores que arrecadaram o dinheiro para a impressão do papel e da montagem do outdoor.

Após a inauguração, o grupo seguiu em carreata até o Hotel Serrano, no Centro da cidade, onde participou de um encontro que contou com a participação dos pré-candidatos a deputado federal e estadual pelo PSL-RN, General Elieser Girão Monteiro e Dr. Daniel Sampaio, que falaram sobre as pautas defendidas pelo deputado carioca como a ideologia de gênero nas escolas, o voto impresso, a revogação do estatuto do desarmamento e a escalada da violência.Mais >

Justiça Eleitoral torna válidos os votos de Jorginho para prefeito de Antônio Martins

Em cerimônia realizada nesta quarta-feira, 16 de novembro, no Cartório da 38ª Zona Eleitoral, situado em Martins, a Justiça Eleitoral reconheceu os votos para prefeito de Antônio Martins obtidos por Jorge Fernandes nas eleições do último dia 02 de outubro.

Com isso, seus votos passaram a constar como válidos no sistema de gerenciamento do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), conforme decisão do juiz Arthur Bernardo Maia do Nascimento.

Jorginho, como é conhecido, obteve 56,95% dos votos válidos, sendo o candidato a prefeito de Antônio Martins mais bem avaliado nas urnas, onde conquistou 2.729 votos, 667 a mais que o segundo colocado. Mais >

SEM FPM: Antonio Martins tem primeira cota de setembro zerada e prefeito desabafa sobre crise

9º BPM (4)O município de Antonio Martins recebeu nesta quinta-feira, 10 de setembro, os recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) referentes a primeira cota do mês, com uma queda real de 38,07% em relação ao mesmo período do ano passado.

Para piorar o cenário, o pouco que foi repassado pelo Governo federal, através do Tesouro Nacional, foi deduzido para pagar o INSS, zerando, com isso, a parcela do 1º decênio. Para Antonio Martins e outros 98 municípios do Rio Grande do Norte, cujo FPM possui coeficiente de 0,6%, o repasse foi de apenas 125 mil reais.

O valor não deu sequer para o município quitar o INSS, que equivale a 150 mil reais mensais. “Estamos diante da pior cota para um dia 10 em toda a história do FPM”, desabafou o prefeito Dr. Zé Júlio.

O governo depositou a cota do primeiro 1º decênio de setembro e, em seguida, reteve a parte relativa ao INSS, sendo que ainda restam 25 mil reais do total a ser deduzido na próxima parcela do FPM. Segundo o prefeito, somadas à inflação dos últimos 12 meses, as perdas do município chegam a 100 mil reais e a previsão é que os recursos do FPM continuem insuficientes para honrar com as obrigações administrativas.

A expectativa é de que entrem apenas 39 mil reais no 2º decênio de setembro, previsto para o dia 20, sendo que 25 mil reais irão para o INSS e os 14 mil reais restantes serão destinados ao pagamento de precatórios de dívidas trabalhistas, cujo débito total corresponde a 21 mil reais mensais, parcelado em três cotas iguais de 7 mil reais, sendo que não houve recursos suficientes para a primeira parcela, que seria descontada neste último dia 10 de setembro.Mais >