Em entrevista, Paulo Roque fala sobre projetos e diz que está pronto para assumir mandato de vereador


O pré-candidato a vereador Paulo Roque encerrou na manhã desta sexta-feira, dia 25, a série de entrevistas do Programa Papa Jerimum na Rádio Caicó AM, com os pré-candidatos a vereador na cidade de Caicó. Ele foi entrevistado pelo radialista Berg Santos. “Volto de cabeça erguida e sem medo de ser feliz. Agora com mais experiência”, falou se referindo a disputar um cargo na Câmara Municipal. Sobre o seu nome aparecer entre os mais citados nas recentes pesquisas registradas e divulgadas na imprensa, Paulo Roque atribuiu ao trabalho de muitos anos ao lado do deputado Vivaldo Costa.

Na oportunidade, Paulo Roque destacou que eleito vereador vai lutar para a volta do programa do Sopão e o projeto Menino de Ofício, bem como a construção de casas populares. Seu novo mandato também terá um olhar diferenciado para a área da Educação e a Juventude. Vai lutar junto ao DNIT para o alargamento da ponte do Rio Barra Nova e a construção de uma ponte ligando o Bairro Paraíba ao Bairro Soledade.

Durante a entrevista, Paulo Roque abordou a situação caótica que se encontra o trânsito da cidade Caicó. Uma de suas metas é para que o prefeito eleito faça um concurso para agente de trânsito. Lutará para a conclusão do saneamento básico da cidade e cobrou o imediato retorno das obras paralisadas. Sobre a Saúde, Paulo Roque disse que será prioridade no seu mandato. O pré-candidato a vereador relatou a deficiência dos profissionais especializados atuando na área médica.

Paulo Roque declarou ainda que sendo eleito vereador e Dr. Tadeu eleito prefeito de Caicó, para o setor da Saúde, o seu primeiro pedido ao novo prefeito será a volta do deputado Vivaldo Costa para o Hospital do Seridó. Lembrou que os seus adversários de forma covarde e traiçoeira expulsaram o médico da mãe pobre, que salvou milhares de pessoas e um político de mãos limpas. “Tentaram descobrir desonestidade em Vivaldo Costa e não encontraram porque o Papa Jerimum é um homem público responsável e ficha limpa. Por onde o Papa passou deu conta do recado, mas isso vai mudar se Deus quiser”, observou.

Para Paulo Roque, Caicó está parado. Um jarro quebrado. “Tenho andando em todos os bairros de Caicó e a insatisfação é muito grande com a atual administração e a prova é a pesquisa que está aí e mostra o índice de rejeição do atual prefeito”. E acrescentou: “Ninguém comete o erro duas vezes. O erro cometido será corrigido e essa correção é com mudança e para melhor”, finalizou.

Em vídeo, pré-candidato a vereador Paulo Roque narra sua história de vida e política

O pré-candidato a vereador na cidade de Caicó, Paulo Roque, utilizou as suas redes sociais para postar um vídeo que conta um pouco de sua história pessoal, profissional e política, bem como reafirma a sua pré-candidatura, a Câmara Municipal na capital do Seridó. (Assistir ao vídeo abaixo)

Paulo Roque inicia o vídeo falando da origem no Bairro Paraíba, onde nasceu e foi criado e planejou a sua vida. Cita que é filho de família humilde, porém um jovem determinado, perseverante e capaz. No Hospital do Seridó, foi onde teve sua primeira oportunidade de emprego, dada pelo deputado Vivaldo Costa, quando começou a ajudar a população caicoense.

Falou também quando Vivaldo Costa foi prefeito de Caicó e ele ocupou o cargo de secretário municipal de Ação Social, ocasião que desenvolveu um belo trabalho, entre os destaques: carnaval de rua, programa do sopão e as melhorias habitacionais. Por fim, Paulo Roque enfatiza que agora está com mais capacidade, maturidade e experiência.

Paulo Roque se afasta do “Mesa Redonda” e se emociona ao agradecer a confiança de Vivaldo Costa

Emoção. Assim podemos definir a última participação do pré-candidato a vereador Paulo Roque no Programa Mesa Redonda, apresentado neste sábado (8), na Rádio Caicó AM. O Chefe de Gabinete do deputado Vivaldo Costa está cumprindo o calendário da Justiça Eleitoral.

Na próxima segunda-feira (10), também será a sua derradeira participação no Programa Papa Jerimum. “Estou me afastando por uns dias e não me despedindo definitivamente desse contato com os ouvintes que eu prezo tanto”, declarou.

Paulo Roque enfatizou ainda que já exerceu o mandato de vereador e acredita que independentemente de cor partidária, o seu trabalho lhe credencia a enfrentar essa disputa eleitoral. “Quero ter uma nova oportunidade de representar minha terra. Por isso, entrego o meu nome ao julgamento popular”, destacou.

Paulo acrescentou que a luta está apenas começando, porém, que se sente mais maduro, revitalizado e capaz de orgulhar os caicoenses na Câmara Municipal. “Sempre pensei nas pessoas, principalmente, as mais humildes. Assim pautarei o nosso mandato, se o povo nos confiar”, afirmou.

O pré-candidato não segurou as lágrimas quando relatou o início da sua trajetória ao lado de Vivaldo Costa, com quem aprendeu lições valiosas. Paulo narrou que a primeira oportunidade de emprego dada ao menino pobre do Bairro Paraíba, foi como recepcionista, no Hospital do Seridó.

“Cheguei para trabalhar e não foi possível porque eu estava de chinelo de sola com um parafuso. O responsável atendia a uma norma do hospital. Depois voltei a conversar com Vivaldo e contei o ocorrido. Ele me deu uma pareia de roupa e um tênis bamba. Ali começava a nossa história”, relembrou. São 35 anos de persistência, abnegação, vitórias, desafios e superação, entre Paulo Roque e Vivaldo Costa.