PF e Receita Federal apreendem 703,95 kg de cocaína em carga de mangas no porto de Natal

Uma operação da Polícia Federal junto com a Receita Federal apreendeu 703,95 quilos de cocaína dentro de um contêiner carregado de mangas que seguiria para a Europa. O caso aconteceu neste sábado (15), no Porto de Natal.

Segundo a PF, a descoberta do entorpecente aconteceu após intensificação do trabalho de fiscalização no terminal. A corporação ainda investiga para descobrir os autores do crime de tráfico internacional de drogas. A pena pode variar de 7 a 25 anos de reclusão.

Mais >

Operação da Polícia Federal investiga suposta propina da JBS a fiscal da Receita

Polícia Federal (PF), Ministério Público Federal (MPF) e Receita Federal deflagraram, na manhã desta segunda-feira (11), uma operação para investigar o pagamento de R$ 160 milhões em propinas a um auditor do Fisco, ao longo de 14 anos, para acelerar a liberação de R$ 2 bilhões em créditos tributários à empresa JBS, dos irmãos Wesley e Joesley Batista. 

O auditor já foi afastado judicialmente e oito pessoas físicas e jurídicas tiveram os bens bloqueados por suspeita de envolvimento no esquema. A J&F Investimentos, grupo que controla a JBS, disse que não comentaria o trabalho da PF, mas afirmou que os créditos são “recursos legítimos que a companhia teria a receber”.

Ao todo, 14 mandados de busca e apreensão são cumpridos na operação, batizada de Baixo Augusta. Eles têm como alvo residências e empresas em São Paulo, Caraguatatuba, Campos do Jordão, Cotia, Lins e Santana do Parnaíba.Mais >

Evolução patrimonial: Receita precisa sair da mesmice de “fiscalizar assalariados”

Esta é a mais eficaz ferramenta que existe para o combate à corrupção.
Acompanhando a EVOLUÇÃO PATRIMONIAL de qualquer cidadão é possível saber se ela é compatível com os seus rendimentos. Dirão os que não querem aprofundar essas investigações que são milhões de declarações de Imposto de Renda.
Claro que verificar todas as declarações é humanamente impossível, mas verificar a EVOLUÇÃO PATRIMONIAL dos que já estão condenados por prática de corrupção é possível. E não só a EVOLUÇÃO PATRIMONIAL do condenado, mas também a dos seus filhos e parentes próximos. Divulgado que um condenado por prática de corrupção está sendo investigado pela Receita Federal choverão denúncias de quem são os seus laranjas. 

Mais >

Leilão da Receita Federal promete smartphones a partir de R$ 150

Se você não aproveitou a Black Friday para comprar um smartphone novo, pode ter outra chance de economizar na compra de um aparelho. A Receita Federal anunciou que vai realizar um leilão a partir do dia 5 de dezembro com 15 lotes de mercadorias apreendidas pelo órgão. Entre os produtos há smartphones, relógios, jogos de videogame, roupas, entre outros.Mais >

Receita paga hoje quarto lote de restituição do Imposto de Renda

A Receita Federal paga nesta terça-feira (15) o quarto lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 (IRPF 2015). São mais de R$ 2,4 bilhões em restituições a cerca de 2,1 milhões de conntribuintes. Também serão pagas restituições de lotes residuais dos anos de 2008 a 2014.

A consulta está disponível na página da Receita na internet ou por meio do Receitafone, no 146.

Receita libera nesta terça mais um lote de restituição do IR

_CMC-Camara-Mirim (1)A Receita Federal libera hoje (8) a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 (IRPF 2015). Desde junho, quando foi liberado o primeiro lote, o número de contribuintes com direito a restituição chegou a 6.816.763, quase 60% do estimado neste ano, informou o supervisor do Imposto de Renda, Joaquim Adir.

O valor total depositado na rede bancária é superior a R$ 9,302 bilhões e, como ocorre todos os anos, serão liberados sete lotes regulares. Neste lote de setembro, o número de contribuintes do IRPF 2015 chega a 2,119 milhões. O crédito bancário será feito no dia 15. Foram liberadas também declarações dos exercícios de 2008 a 2014 que estavam retidas na malha fina. Os montantes de restituição para cada exercício e a taxa Selic aplicada podem ser consultados na tabela abaixo.

A consulta estará disponível na página da Receita na internet ou por meio do Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones com a mesma função.

Os contribuintes que não foram listados nos lotes anteriores de restituição e têm dúvida sobre os dados enviados devem verificar no extrato de processamento da declaração se não há pendência ou inconsistências que causem a retenção na malha fina. O procedimento pode ser feito no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC). Se não for cadastrado, é só informar os números dos recibos de entrega das declarações dos exercícios referentes às declarações ativas das quais o contribuinte seja titular.Mais >

Receita Federal paga restituições do 3º lote do Imposto de Renda 2015 nessa segunda feira 17

_CMC-Nildson-Turismo-1A Receita Federal libera nesta segunda-feira (17) o pagamento das restituições referentes ao terceiro lote do Imposto de Renda de 2015.

O lote pagará R$ 2,17 bilhões para 1,74 milhão de contribuintes. As consultas poderão ser feitas no site da Receita via link aqui 

Também poderão ser feitas pelo telefone 146 (opção 3) ou por aplicativo para dispositivos móveis (smartphones e tablets). As restituições virão corrigidas em 4,24%, índice correspondente à variação da taxa básica de juros (Selic) entre maio e agosto de 2015.

Receita disponibiliza novo comprovante de situação no CPF

A Receita Federal informou nesta segunda-feira (1) que disponibilizou novo Comprovante de Situação Cadastral no CPF  –  documento que informa sobre a regularidade cadastral do contribuinte perante o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas). Para fazer a consulta pelo novo sistema, o contribuinte precisa informar o número de inscrição no CPF e a data de nascimento.

Há novas informações cadastrais do contribuinte disponíveis. Além do nome e situação cadastral, o comprovante traz as seguintes informações: data de nascimento, data da inscrição no CPF e ano de óbito, se houver.

Mais >

Pessoas com deficiência terão mais prazo na isenção do IPI de veículos

Segundo Instrução normativa editada na semana passada, os taxistas e as pessoas com deficiência terão mais prazo para pedir a isenção de impostos na compra de veículos. A Receita Federal ampliou de 180 para 270 dias a validade da aquisição de veículo sem o Imposto de Produtos Industrializados – IPI.