Projeto Saúde Digital segue para sanção do prefeito Carlos Eduardo Alves

Natal poderá ganhar um sistema online para marcação de consultas e exames na rede pública de saúde. A Câmara Municipal de Natal aprovou a criação do projeto Saúde Digital, que agora segue para sanção do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). Caso seja sancionado, a proposta poderá causar uma forte mudança no funcionamento de postos e unidades de saúde do município, que atualmente precisam distribuir fichas manualmente para os usuários que necessitam desse tipo de atendimento. 

O projeto foi proposto pela vereadora Nina Souza (PEN). A parlamentar enfatiza que o Saúde Digital trará diversas melhorias para o município, mas principalmente “dará dignidade ao cidadão natalense”. Nina refere-se ao fato de que em diversos casos, para se conseguir uma ficha e ser atendido em algum posto de saúde, muitas pessoas acabam passando a madrugada inteira esperando pelo serviço. 

“A proposta tem condições de ser implantada na capital potiguar. A maior reclamação da população é na área da saúde, acredito que com a implantação da matéria as pessoas tenham um atendimento mais adequado”, disse Nina. “O que ocorre hoje são cidadãos pernoitando em busca das fichas para atendimento: são, em média, de 15 a 20 fichas ofertadas por unidade de saúde. A consequência torna-se uma verdadeira concorrência para a tão esperada ficha, caso se consiga”, completou.

Primeira professora com Down do Brasil será homenageada na Câmara Municipal de Natal

A Câmara Municipal de Natal (CMN) realizará nesta terça-feira (07) uma sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, celebrado todos os anos no dia 8 de março. Assim, cada vereador indicou uma homenageada que tenha obtido destaque em algum segmento da sociedade. A escolhida da vereadora Nina Souza (PEN) é a primeira professora com Síndrome de Down do Brasil, a potiguar Débora Seabra.

“Débora é muito merecedora dessa homenagem. É uma mulher inteligente, forte, determinada, que lutou para conquistar seus objetivos, uma professora que honra a educação do nosso Rio Grande do Norte e que superou todas as barreiras que se colocaram na sua frente. É um exemplo para todos nós”, disse a vereadora Nina Souza.

Há mais de 10 anos, Débora faz parte do corpo docente da Escola Doméstica de Natal. Da infância ao curso de magistério, Débora estudou em escolas regulares, o que a tornou uma defensora da inclusão de pessoas com Síndrome de Down nessas instituições de ensino. Essa luta por oportunidades semelhantes às que teve durante sua formação fez com que a educadora se tornasse uma referência.Mais >