Nina empareda Styvenson: ”humilhou e desmoralizou uma mulher, agora tire o vídeo da sua rede social”

Durante seu pronunciamento nesta terça-feira (23) na sessão ordinária remota da Câmara Municipal de Natal (RN), a vereadora Nina (PDT) se posicionou, através de uma nota de repúdio oral, a respeito da recente publicação que o senador Styvenson Valentim (PODEMOS) fez em suas redes sociais.

“Eu vi uma cena lamentável: um homem colocar ao lado dele uma mulher, de forma obrigada, chorando, dizendo a todo momento não ter cometido nenhuma prática ilícita. E aquela mulher que estava ali, ao lado do senador, era vulnerável por ser mulher, vulnerável pela vergonha que estava sendo exposta, vulnerável também porque, como ela enfatizava, preenchia os requisitos para ter acesso ao auxilio”, enfatizou Nina.

Mais >

Profissionais de saúde de Natal receberão abono salarial durante a pandemia


Após um pedido da vereadora Nina (PDT), em conjunto com o presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde do RN, Cosmo Mariz, os profissionais de saúde de Natal, que atuam no combate ao novo Coronavírus, contarão com uma gratificação durante o período da pandemia. O anúncio foi feito pelo secretário de saúde de Natal, George Antunes, durante convocação feita pela Câmara Municipal de Natal na tarde desta quinta-feira (23). A portaria está sendo discutida com o Ministério Público do Trabalho e representantes dos Sindicatos.

Mais >

Líder do prefeito pede envio de tropas do Exército para Natal


Em meio ao caos e a violência na capital potiguar, a vereadora Nina Souza (PEN) defende o envio de tropas do Exército para Natal. A parlamentar diz que o governo do Estado não tem condições de garantir a segurança da população, que tem sido vítima de seguidos assaltos, arrastões e até sequestros relâmpagos desde que os policiais militares iniciaram um movimento de protesto no Rio Grande do Norte. 
“Os natalenses estão com medo. Nunca a situação chegou ao limite como agora. Algo precisa ser feito com urgência, e de forma imediata a única solução é o envio de tropas do Exército para proteger as ruas da cidade e garantir paz aos cidadãos”, disse Nina Souza, líder do prefeito Carlos Eduardo em Natal.
Segundo números divulgados na imprensa, a Grande Natal já registrou mais de 450 roubos desde que a PM iniciou o protesto. Com salários atrasados, os policiais dizem que só voltarão às ruas com veículos e armamentos adequados para o trabalho.

Mais >