Blog Jair Sampaio

Presidente da Caern afirma que Estado descarta venda da estatal

O Governo do Rio Grande do Norte garantiu que a Companhia de Águas e Esgotos do Estado (Caern) não será vendida. A declaração foi dada pelo presidente da estatal, Marcelo Toscano, e pela chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, em reunião com os servidores.

O Governo Federal não formalizou nenhuma sugestão. Por parte do estado, o governador Robinson reafirma posicionamentos anteriores de que a Caern continuará do estado, garantiu Toscano à imprensa. A chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, e o secretário de administração, Cristiano Feitosa, não deram declarações à imprensa sobre a reunião.

A reunião foi de iniciativa do Sindicato dos servidores da Caern, a fim de ter esclarecimentos da sugestão do Governo Federal. Os sindicalistas saíram satisfeitos depois da garantia de não-venda. Foi descartada [na reunião] qualquer forma de privatização ou de abertura de capital. A reunião foi para termos esse posicionamento, que já havia sido divulgado antes pelo governador. Saímos totalmente satisfeitos.

O encontro aconteceu no fim da tarde de hoje, além de Toscano, estavam presentes os diretores financeiros e comerciais da estatal, o secretário de administração Cristiano Feitosa, a chefe do Gabinete Civil Tatiana Mendes Cunha e o presidente do Sindágua Ricardo André.

A sugestão de venda por parte do Governo Federal se assemelha ao processo do estado do Rio de Janeiro, onde a companhia de águas estadual (Cedae) foi vendida como contrapartida a adequação do estado na RRF criado pelo Governo Federal para oferecer ajuda aos estados em crise fiscal, mediante uma série de medidas vistas como necessárias para ajustar as contas. A possibilidade da privatização causou surpresa nos servidores, quem afirmaram ser contrários e questionaram a demissão de possível servidores, além de fim de investimentos no interior do estado.

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Lista de comentários