Assu: Padre diz está sendo ameaçado de morte e pede proteção à Polícia Federal

0a

O padre e administrador da paróquia de São João Batista, em Assú, Dian Carlos de Araújo Oliveira, fez uma revelação grave ao final da missa de ontem (11). Ele disse que está sofrendo perseguições e ameaças de morte. Em seu relato o padre afirmou que “disseram que vão me tirar até o final de dezembro vivo ou morto da cidade”.

O sacerdote relatou que ocorrências como ligações anônimas e um arrombamento ao seu carro vem acontecendo há três semanas. Ele acrescentou que um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado na Polícia Civil de Assú e que a Polícia Federal também foi comunicada sobre o caso.

Padre Dian Carlos foi empossado no último mês de outubro em substituição a padre Netinho. O fato curioso é que padre Netinho também foi vítima de ameaças e extorsões.

Fonte: Samuel Júnior

1 Comentário

maria norma de lucena

dez 12, 2016, 4:40 pm Responder

miséricordia nem os padres se livram dos absurdos desse mundo, que deus proteja esse padre e que jesus abençoi, gente que mal um padre pode fazer a alguém? por favor.

Deixe uma resposta para maria norma de lucena Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.