Bolsonaro inicia processo de alimentação oral, informa boletim médico

Em recuperação após ter sido esfaqueado, Jair Bolsonaro (PSL) voltou a se alimentar por via oral nesta quarta-feira (19/9), informa a equipe médica que atende o candidato à Presidência da República no Albert Einstein. De acordo com boletim do hospital, o deputado federal “prossegue com boa evolução clínica”.

O postulante do PSL ao Palácio do Planalto permanece internado em unidade de terapia semi-intensiva, afebril e sem sinais de infecção.

“O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro permanece internado na Unidade de Terapia Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein. O paciente prossegue com boa evolução clínica, iniciando hoje a alimentação líquida via oral, com boa tolerância, mantendo em associação à nutrição parenteral (endovenosa).

 Segue afebril, sem outros sinais de infecção e realizando exercícios respiratórios e caminhadas.”

Nesta quarta, a equipe médica que atende o presidenciável vetou a participação dele em uma série de sabatinas com postulantes ao Palácio do Planalto. A interação de Bolsonaro com o público seria feita virtualmente, por meio do Skype.

No domingo (16), Bolsonaro foi autorizado a realizar transmissão ao vivo, de dentro do hospital, em rede social. Foi a primeira manifestação pública do parlamentar, alvo de um atentado durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG), no último dia 6.

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado.