Caraúbas: Grupo da Operação Sangria quer voltar à prefeitura

Em Caraúbas, no Oeste Potiguar, a política vai tomando seu contornos e aparecem coisas inusitadas. Em um momento em que o combate à corrupção tem destaque e dita a pauta nacional, o grupo que esteve envolvido na Operação Sangria em 2014 que retornar à prefeitura da cidade.

Na noite da última terça-feira, o MDB homologou a candidatura de Titica de Lúcio. A vereadora vai concorrer ao executivo pela primeira a vez. Ela é casada com Lúcio Alves implicado na Sangria pelo desvio de R$ 11 milhões da merenda escolar na época que o prefeito Ademar comandava o município. Além dele, o cunhado, ex-vereador Novinho Praxedes, também envolvido no esquema, apadrinha a chapa. A eles se juntam Preta Ferreira e outros que chegaram a ter a prisão preventiva decretada após investigação do GAECO-MPRN.

Agora, eles esperam que o povo de Caraúbas seja curto de memória e dê espaço a Titica, Novinho, Lúcio e companhia. Mas parece que não está dando muito certo. As pesquisas mostram a oposição muito atrás nas intenções de voto e não existe perspectiva de mudança no cenário.

2 Comentários

Vanessa Naiara Martins

set 9, 2020, 3:44 pm Responder

Não voto em titica
O melhor pra caraúbas é Juninho Alves vamos continua avançando com o melhor prefeito

Rita Rosinaria Marinho Silva

set 9, 2020, 11:33 pm Responder

Eu voto em Juninho Alves pq ele mudou Caraúbas pra melhor , em Titica de Lucio eu não voto pq é trazer de volta o desmantelo pra Caraúbas, sou 45 💛💛💛💛💛💛💛💛💛💛 quero continuar e Avançar

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado.