Comandante do 2º BPM preserva as garantias constitucionais e contém rebelião em Mossoró

IMG-20150317-WA1483
MAJOR HUMBERTO (Direita)

Polícia Militar contém motim na Penitenciária Mário Negócio: Não diferente do que aconteceu em Natal ontem, as unidades prisionais de Mossoró tiveram seu dia de cão, com uma diferença, a polícia militar com auxílio dos agentes prisionais não pestanejou para agir antes que o controle fosse perdido.

Segundo o Major Humberto comandante do 2°. BPM, a rebelião foi contida dentro das garantias constitucionais, preservando assim a integridade física de presos e operadores. Quando falhar as negociações nosso pessoal está preparado para fazer a intervenção e foi isso que foi feito, acrescentou Major Humberto que comandou pessoalmente a operação.

Após os motins no sistema prisional o governador Robson Faria, convocou a força nacional de segurança para reforçar a vigilância ao redor dos presídios até que sejam feitas as devidas reformas e a volta da normalidade.

1 Comentário

george

mar 3, 2015, 7:28 pm Responder

É isso aí, Nego Humberto. Não dá mole pra essa cambada de vagabundo. Tinha que ser um caicoense pra botar moral nessa zona.

Deixe uma resposta para george Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.