Corpo de Bombeiros Militar completa 99 anos de atuação no RN

0a
O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) comemora nesta terça-feira (29) 99 anos de existência no Estado. Os serviços da corporação no RN iniciaram em 29 de novembro de 1917, através da lei nº 424, sancionada pelo governador Joaquim Ferreira Chaves, quando foi criada uma Seção de Bombeiros, anexa ao Esquadrão de Cavalaria. Seu efetivo inicial era composto por 24 (vinte e quatro) praças, a comando do Capitão João Fernandes de Almeida, popularmente conhecido por “Joca do Pará”, que cumulativamente comandava a tropa cavalariana. Um grande incêndio, ocorrido no ano de 1916, na Estação Central de Trens na Ribeira, foi o que motivou o surgimento da instituição. Na ocasião o fogo destruiu inúmeros vagões carregados de algodão.
De acordo com o Comandante Geral, coronel Otto Ricardo Saraiva de Souza, a criação do Corpo de Bombeiros, ressalta que a Instituição sempre cumpriu o dever, com dedicação e empenho em fazer o melhor e ofertar o melhor serviço possível à população do Rio Grande do Norte.
“A despeito das dificuldades enfrentadas hoje pela corporação, potencializada para crise enfrentada pelo Estado e pelo país, o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte segue firme e consciente de sua missão, pelo compromisso com a sociedade norte-rio-grandense, mantendo a tradição de bons serviços prestados ao longo de seus quase cem anos”, afirma o comandante.
Atualmente, o Corpo de Bombeiros é uma instituição com independência administrativa e orçamentária. Através da Lei Complementar nº 230, em 22 de março de 2002, o CBMRN foi emancipado da Polícia Militar, passando a denominar-se Corpo de Bombeiros Militar do RN, integrado ao Sistema de Segurança Pública do Estado.
“Comemorar 99 anos de existência é um marco significativo na vida de uma instituição e representa a consolidação de sua presença no seio da sociedade a qual serve. É um momento para que todos reflitam sobre a nossa importância e sobre as necessidades do nosso fortalecimento quanto corporação que atua nas urgências e emergências. Reconhecemos que estamos passando por um período de muitas dificuldades, em função da crise financeira vivenciada pelo país, mais não perdemos as esperanças que vamos dar a volta por cima e o Corpo de Bombeiros terá o reconhecimento que lhe é digno!”, destacou o subcomandante Geral do Corpo de Bombeiros do RN, coronel Laurêncio Menezes de Aquino.

1 Comentário

Paulo Frade

nov 11, 2016, 6:56 pm Responder

Parabéns ao corpo de bombeiro ,pelos relevantes serviços prestados a sociedade e ao Estado,eficiência e prontidão!

Deixe uma resposta para Paulo Frade Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.