Formação médica da UFRN no interior serve de modelo para cursos no país

“Perfil dos novos cursos de Medicina no Brasil e panorama da implantação” foi o tema explorado nessa quinta-feira(20), pelo Professor George Dantas, diretor da Escola de Medicina Multicampi da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no seminário nacional sobre Mudanças na Formação Médica no Brasil.

Cerca de 150 escolas estão presentes ao evento realizado desde essa quarta-feira, na Escola de Administração Fazendária (ESAF), em Brasília, pelos Ministérios da Educação (MEC) e da Saúde (MS), debatendo os desafios e avanços na formação médica no Brasil, em nível de graduação e residência no país. George Dantas expôs porque o Curso de Medicina Multicampi da UFRN tem servido de modelo para novos cursos dessa graduação no interior do Brasil.

Para o diretor, a metodologia de aprendizagem por meio de estudo multidisciplinar de casos reais, dentro das Unidades Básicas de Saúde de Caicó, Currais Novos e Santa Cruz, municípios onde os estudantes desenvolvem suas atividades, é apenas um dos componentes do diferencial dessa formação na UFRN. Poderá também gostar de:Perder Barriga

1 Comentário

José Antonio

ago 8, 2015, 8:23 pm Responder

Eu acredito que esse curso dará bons frutos, mas vamos com calma. Um curso que ainda vai forma a primeira turma daqui a cinco anos dizer que já é referência, no mínimo e precipitação.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.