Governo insiste no cancelamento de contrato e 103 mil servidores do estado ficam no prejuízo

Sem explicações aparentes, o governador Robinson Faria rompeu o contato com a empresa que administrava a margem consignadora dos servidores do estado, inclusive para a compra da casa própria. Sindicatos e categorias se unem e querem explicação.

A notícia foi publicada em primeira-mão aqui no blog Jair Sampaio na última sexta feira 27, até então iniciaram-se as mobilizações, contudo não houve, sequer, explicações nem pronunciamento oficial por parte do governo do estado.

O pagamento do funcionalismo estadual está programado para esta segunda feira, e para várias categorias, está também previsto aumento salarial, para tanto abrirá margem para empréstimos consignados… “pra mim só serve o empréstimo, ia quitar dívidas de material escolar dos filhos”, disse uma servidora.

1 Comentário

Cicera Maria

mar 3, 2015, 8:08 am Responder

Sou servidora Estadual e dou nota 10 ao Governador,pois ninguém aguenta mais os bancos levando todo dinheiro dos servidores com juros absurdos e deixando-o em situação pior que não resolve a situação e ainda fica o desconto na folha por não sei quantos anos.temos que aprender que empréstimo só beneficia o banco,a não ser que seja para comprar a casa própria.

Deixe uma resposta para Cicera Maria Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.