Grande patrocinadores ameaçam deixar a Fifa, informa agência

De Fato – Quatro dos maiores patrocinadores da Fifa ameaçaram deixar de apoiar a entidade em uma audiência no Parlamento britânico na última quarta-feira, 28, informou à Agência France Press nesta quinta-feira, 29.

Executivos da Coca-Cola, McDonald’s, Anheuser-Busch Inbev (matriz Budweiser) e Visa cobraram mudanças profundas, pedindo que dirigentes de fora assumam o comando da entidade máxima do futebol mundial.

Segundo a AFP, as empresas já haviam pedido a saída imediata do presidente demissionário Joseph Blatter no dia 3 de outubro, uma semana depois da abertura de um processo penal contra o suíço, que deixará o cargo em fevereiro.

O cartola não cedeu, mas acabou sendo suspenso por 90 dias pelo comitê de ética da Fifa. Mesmo assim, os patrocinadores continuam mantendo a pressão, exigindo que sejam cumpridas as promessas de reformas feitas por Blatter em julho.

1 Comentário

paulo eduardo lucena

out 10, 2015, 1:49 pm Responder

se eu fosse patrocinador não dava contribuição nem de agua de sal pra essa quadrilha o nação besta esse tal de torcedor ainda briga e perde amizades só pra falar em macho parece ser tudo viado discutindo por macho

Deixe uma resposta para paulo eduardo lucena Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.