Já são mais de cem horas de muito esforço

Empenho, dedicação e muita perseverança: São essas as motivações que fazem a Polícia Militar do Rio Grande do Norte, com homens de Patu, Campo Grande e Janduís, incluindo a Polícia Civil e a PM da Paraíba, estarem à frente da caçada ao resto do bando que está sendo caçado em solo campo-grandense, sob o comando de maj. Brilhante.

Já são mais de cem horas de muito esforço, e tudo começou logo na madrugada do último domingo, quando a quadrilha explodiu uma agência bancária em Brejo do Cruz, onde cinco criminosos já morreram no confronto, mais três foram presos e mais três foram vistos nessa madrugada na comunidade Jurema, em Triunfo Potiguar-RN.

Nessa manhã, 06 de setembro, o aparato policial pensou em pedir ajuda à Paraíba para o envio do Helicóptero, logo desistiu, tendo em vista a presença de um refém, possivelmente. “Não vamos dar trégua aos bandidos, só vamos parar o trabalho quando tudo estiver controlado, com os suspeitos presos e o refém são e salvo”, disse Cap. Aderlan.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.