Justiça revoga prisão de servidora que não se beneficiou de fraudes na Semsur

O Juiz da 7° Vara, Armando Pontes, acaba de revogar a prisão temporária da servidora da Semsur, Kelly Patrícia, investigada na Operação Cidade Luz, do MP. Segundo seu advogado, Gustavo Negreiros, pode ser que ela seja liberada ainda hoje.

Na primeira decisão, a que autorizou a operação, o magistrado já havia anotado que não havia indícios de que Kelly se beneficiou dos desvios.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.