Meirelles se reúne com Temer e nega ter sido convidado para Fazenda

MEIRELESO ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles se reuniu na manhã desta sexta-feira (29) com Michel Temer na casa do vice-presidente, em São Paulo. Meirelles disse que foi apenas dar opiniões sobre a situação econômica do país e negou que tenha sido convidado para comandar o ministério da Fazenda caso Temer assuma a presidência.

“Não houve convite”, afirmou Meirelles. Ele já havia dito no sábado (23), em Brasília, após reunião com o Temer, que “não falava sobre hipóteses“. A reunião dele com Temer durou cerca de uma hora.

Esta foi a terceira reunião entre Temer e Meirelles. “Foi uma conversa informativa sobre a economia, uma conversa de aconselhamento, diagnósticos e sugestões. Ele está conversando com várias pessoas, certamente é um passo importante para que ele possa se informar sobre a situação real. Estou apenas dando as minhas opiniões”, disse Meirelles.O economista disse que, para o país restaurar a confiança, são necessárias “medidas que mostrem claramente que o estado brasileiro, o governo brasileiro, é solvente de uma forma sustentável”.

Meirelles considera que o governo vai precisar restaurar a confiança na economia para que as empresas voltem a produzir e a contratar.

“É preciso ter confiança na macroeconomia do país e, em seguida, vamos pensar na microeconomia, que são investimentos, infraestrutura, questões de recuperação de empresas que estão tendo dificuldades e em vista disso uma larga agenda de crescimento. Mas isso vai ser função da autoridade econômica que vier a ser escolhida para conduzir este projeto”, disse Meirelles.

“Neste momento, estamos na fase de coleta de informações, ele está muito interessado e acho que é exatamente como deveria ser”, afirmou. Meirelles não quis responder se a taxa de juros deveria ser baixada. G1

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.