Ministro da Educação participa de inauguração na MEJC e visita projetos da UFRN

20396d9b-4e10-470f-a823-500c32c7124b

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu na última segunda-feira, 30, a visita do ministro da Educação, Mendonça Filho, que presenciou a inauguração da nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC). O setor teve a capacidade ampliada de 10 para 23 leitos, correspondentes a 30% do total disponível no Estado.

“Esta é uma conquista muito importante para o atendimento às crianças prematuras. Na UTI os bebês renascem, aqui a vida é celebrada todos os dias”, comemorou a superintendente da MEJC, Sônia Barreto. Os recursos de aproximadamente R$ 2,5 milhões para reforma, ampliação e aquisição de novos equipamentos foram advindos de repasses dos Ministérios da Saúde e Educação, entre eles o Programa de Restruturação dos Hospitais Universitários (REHUF). 

Para a reitora da UFRN, Angela Maria Paiva Cruz, o investimento agrega valor social pelos benefícios proporcionados à população. Angela Paiva ainda ressaltou a inauguração de cinco leitos de UTI Neonatal no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) e mais 10 leitos que serão inaugurados em breve no Hospital Universitário Ana Bezerra (HUAB), onde atualmente funcionam de modo semi-intensivo.

Após reconhecer a importância da universidade para a formação responsável, o ministro Mendonça Filho homenageou o trabalho humanizado prestado pelos servidores da MEJC. “Sinto-me feliz em contribuir para a saúde e a educação da população do RN”, declarou. A solenidade contou com a presença de parlamentares, autoridades, servidores da UFRN e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), gestora do hospital.

Nuplam e IMD 

A agenda do ministro em Natal foi seguida por visitas ao Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos (Nuplam) e ao Instituto Metrópole Digital (IMD) da UFRN. No Nuplam, a comitiva conheceu a estrutura física e o trabalho desenvolvido pelo laboratório que produz medicamentos para suprir a demanda do Ministério da Saúde (MS), além de servir como campo de estágios supervisionados para diferentes cursos de graduação.

O grupo também visitou o supercomputador do IMD e o projeto Inova Metrópole, incubadora de empresas de Tecnologia da Informação. O diretor do IMD, professor José Ivonildo do Rêgo, ainda fez uma breve apresentação para explicar a estrutura, os objetivos e projetos desenvolvidos no instituto.

Mendonça Filho parabenizou a UFRN por incentivar e promover o empreendedorismo e a inovação em ambos os projetos. “Continuaremos dando a atenção necessária para áreas com grande potencial de futuro”, destacou.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.