Mototaxista acusado de homicídios em Caicó consegue Habeas Corpus e está em liberdade

1

O mototaxista caicoense João Carlindo da Silva, mais conhecido como João Carlos, preso no último 28 de agosto pela PM de Jardim de Piranhas, sob força de mandado de prisão, conseguiu liberdade nessa manhã (07). Ele estava preso no CDP de Parelhas.

O blog conseguiu falar com o seu advogado, Ariolan Fernandes… “Entrei com o Habeas Corpus porque o processo estava com excesso de prazo, impetrei o Habeas Corpos na tarde dessa terça feira e hoje o juiz da vara criminal despachou favorável ao nosso pedido”, disse Ariolan.

O advogado de João Carlos disse também que seu cliente estava preso por ser acusado da morte, do também mototaxista, Diego Canarinho, assassinado a tiros – relembre aqui – no dia 25 de junho de 2015 numa emboscada no bairro Walfredo Gurgel, zona oeste de Caicó.

Sem mais detalhes, o advogado afirmou que vai provar a inocência do seu cliente, e que nada mais poderia acrescentar, já que o processo corre em segredo de justiça. João Carlos é também acusado de assassinar o também mototaxista Sebastião Andrade – relembre aqui – e de assaltar pano de ouro em Jardim de Piranhas… aqui.

1 Comentário

anonimo

out 10, 2015, 8:22 am Responder

que justiça é essa que um vagabundo mata rouba e sai como se nada tivesse acontecido?

Deixe uma resposta para anonimo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.