Ministério Público investiga desvios na Prefeitura e Câmara de Santana do Matos, RN

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) foi iniciada na manhã desta quinta-feira (1º) com objetivo de combater um esquema de desvios na Prefeitura e Câmara Municipal de Santana do Matos, Rn, entre os anos de 2013 e 2016. Cinco mandados de prisão temporária, 20 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de condução coercitiva estão sendo cumpridos.

Através da Promotoria de Justiça de Santana do Matos, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e com o apoio da Polícia Militar, a Operação Infarto tem a participação de cerca de 80 policiais e 19 promotores de Justiça.

A ação investiga servidores e agentes públicos que se associaram a empresas privadas para desviar recursos públicos. O desvio acontecia através da contratação de serviços de locação de veículos pelas empresas Conceito Rent a Car Antônio Tavares Neto ME.




Em Santana do Matos, verificou-se o recebimento de valores por servidores públicos tendo em vista a existência de contratos mantidos entre as locadoras de automóveis. A investigação começou com o compartilhamento de provas da Operação Candeeiro, que descortinou um esquema criminoso que desviava recursos do IDEMA.

G1 RN

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado.