No 1º dia de trabalho, policial feminino é vítima de tentativa de homicídio no CE

Dois homens foram presos na tarde desta terça-feira (2) suspeitos de atirar na policial militar Sara Valeska de Oliveira Barreto, baleada quando ela saía de casa para ir ao 1º dia de trabalho.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, eles foram presos com em um veículo roubado, localizado devido a um sistema de alarme, no Bairro Damas. Valeska de Oliveira Barreto passou por cirurgia nesta terça-feira e deve receber alta na quinta (4).

Com eles, foi apreendida uma arma de fogo. Um segundo veículo, que foi utilizado na ação criminosa contra a profissional de segurança, também foi encontrado.

Ela foi abordada por um grupo de homens armados que dirigia um carro, que tentaram assaltar as policiais e dispararam quando Sara dirigiu em marcha à ré para evitar o crime. O tiro perfurou o para-brisa do veículo e atingiu o pescoço da vítima. Os suspeitos fugiram e são procurados pela polícia.

Conforme o subtenente Veridiano Moiá, o crime ocorreu por volta das 5h30 de segunda, no Bairro Damas, e a policial foi para o Hospital Instituto Doutor José Frota, no Centro de Fortaleza, por volta das 6h.

Lais Mais…

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.