O senhor tá dançando armado! tem gente reclamando de autoridade em Serra Negra

No encerramento das festividades juninas em Serra Negra do Norte, na última quarta, 14 de junho, uma autoridade virou assunto mais comentado nas salas de conversas das redes sociais. 

Segundo comentários, o promotor de justiça local enquanto ingeria bebida alcoólica, exibia sua arma de fogo, e isso é impactante para a população de bem que só vê a violência aumentando.

Sem falar que muitas destas pessoas que viram a cena podem ter traumas diversos porque já tiveram armas de fogo apontadas na cabeça ou viram cenas de violência com o uso delas.

“O promotor tem direito à porte de arma de fogo, mas sugiro que evite o exibicionismo. Minha irmã foi embora pra casa com os filhos e se sentiu mau quando viu aquilo”, diz um popular.

Há relatos de policiais que apontam um certo medo das pessoas de bem ao estarem perto de quem porta armas de fogo, há casos em que o policial teve que abrir mão de estar com a sua.

Outro ponto preocupante: estar armado em local público (reunião de pessoas) ingerindo bebida alcoólica, é como beber e dirigir, é mistura que não combina, dizem especialistas.

Aqui fica o espaço para, caso queira, o promotor enviar sua versão sobre este caso. 

4 Comentários

José Leôncio

jun 6, 2017, 10:30 am Responder

Como bem foi dito, porte de arma é um direito de um promotor, juiz, policial e outros casos especiais.
Mas se não for contra lei, acredito que seja ao menos uma infração ou uma conduta errônea de alguém com direito ao porte de arma, usá-la assim, num momento inadequado.
Também sou leigo, mas acredito que deveria ser obrigação da polícia militar que certamente fazia a segurança do local, apreender a arma do promotor, quem sabe até detê-lo e tomar as medidas cabíveis, encaminhando o BO ou similar para as autoridades competentes tomarem as medidas cabiveis.

Hipólito Wanderley da Costa

jun 6, 2017, 11:24 am Responder

O promotor estava na companhia do juiz de direito da comarca e de dois agentes da polícia civil sentados ao redor de uma mesa num bar pertinho da festa .
Não sei quem estava armado.
O certo é que o promotor vem tomando umas medidas antipáticas e se tornou “persona bom grata” para a administração municipal e pra uma boa parte da população de Serra Negra-RN.
Acho que a autoridade não precisa demonstrar que pode. Apenas trabalhar em prol da comunidade.
Sugestão: a sociedade convidar o doutor promotor pra uma debate público, onde escute as aspirações e esclareça a população sobre suas atribuições….

Tiago SOUZA Guerra

jun 6, 2017, 12:24 pm Responder

Sem nenhuma dúvida, a notícia é inverídica e levanta fatos desabonadores sobre a conduta do promotor, os quais não ocorreram. Tenta forjar uma imagem depreciativa da autoridade. Estive no local e o promotor não estava armado, bem como as pessoas que o acompanhavam são conhecidos policiais ( civil e militar) que atuam na cidade de Serra Negra. O promotor em nenhum momento fez uso ostensivo de arma de fogo. Quanto aos policiais, não se pode exigir que não andem armados pela própria função que exercem. Portanto, aleivosas e mentirosas as alegações.

Roque Santeiro

jun 6, 2017, 3:20 pm Responder

Sou do tipo que ama os animais e as plantas.

Deixe uma resposta para Tiago SOUZA Guerra Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.